Publicidade

TCU adia julgamento de processo que analisa multas aplicadas pelo Cade

Processo foi aberto por Julio Marcelo de Oliveira para apurar irregularidades, especialmente em acordos firmados com empresas investigadas na Lava Jato
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como profissionais

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: TCU adia julgamento de processo que analisa multas aplicadas pelo Cade; invistaja.info;


COCE5 | Mrg.Liq.: 0.0639 | Mrg.Ebit: 0.0842 | P/VP: 1.28 | PSR: 0.608 | Liq.2meses: 1001590.0 | P/Ativo: 0.41

ListenToMarket: TCU adia julgamento de processo que analisa multas aplicadas pelo Cade – Áudio gerado às: 17:20:33

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O Tribunal de Contas da União (TCU) adiou a análise de um processo que analisa se o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) tem aplicado multas e fechado acordos com base em valores mais baixos do que determina a legislação antitruste.

O Ministério Público junto ao TCU (MPTCU) acusa o órgão de defesa da concorrência de não observar a chamada “vantagem auferida” quando vai aplicar multas a empresas que comentem ilícitos e ao fechar termo de compromisso com investigadas. A investigação foi antecipada pelo Broadcast sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, em setembro de 2020.

O processo foi aberto pelo procurador Julio Marcelo de Oliveira para apurar irregularidades, especialmente em acordos firmados pela autarquia com empresas investigadas na Operação Lava Jato, como as construtoras Odebrecht, OAS, Carioca Engenharia e Andrade Gutierrez.

+Governo anuncia quarentena de cinco dias para viajantes não vacinados

O debate marca sessões do Cade nas últimas duas décadas. Uma ala do conselho, antes majoritária, afastava aplicar a “vantagem auferida” aos investigados, sob a argumentação de que não é possível estimá-la. Hoje, o cenário mudou e, em alguns casos, conselheiros têm formado maioria e calculado multas com base na tese.

hotWords: pelo processo adia cade aplicadas

Publique seu negócio no invistaja.info

Nesta quarta, o ministro Bruno Dantas, do TCU, pediu vista do processo e travou o julgamento. O ex-presidente do Cade, Alexandre Barreto, que refutou a representação do MPTCU desde o início e é contrário à aplicação da vantagem auferida, trabalhou com Dantas no TCU antes de ser indicado ao órgão, em 2017. O relator do processo na Corte de Contas é o ministro Augusto Sherman, um dos mais duros do Tribunal.

A depender do que for decidido pelo TCU, o Cade precisará criar uma metodologia de cálculo para estimar a vantagem auferida em futuros julgamentos e acordos.

Analista da Rico Corretora ensina ferramentas práticas a extrair lucro do mercado financeiro de forma consistente. Inscreva-se Grátis.

palavras-chave: TCU adia julgamento de processo que analisa multas aplicadas pelo Cade; invistaja.info;

CALIFORNIA | economia | invistaja.info – TCU adia julgamento de processo que analisa multas aplicadas pelo Cade

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Veja também:

Guedes repete que “barulho” da política tem distorcido a realidade da economia

Nova política de combustível precisa ser aprovada em 2021, diz relator de projeto

Covid-19: mais 1,4 milhão de doses da Janssen chegam hoje ao Brasil

Pfizer diz que proteção contra Ômicron necessita de três doses

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade