Arábia Saudita suspende redução do prazo de validade de cortes de frango, informa BRF

Na avaliação do Bradesco BBI, a suspensão dessa medida é marginalmente positiva para a BRF
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como profissionais

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Arábia Saudita suspende redução do prazo de validade de cortes de frango, informa BRF; invistaja.info;


USIM6 | P/EBIT: 3.41 | ROIC: 0.2733 | DY: 0.0065 | P/VP: 1.32 | PSR: 0.992 | P/Ativo: 0.722

ListenToMarket: Arábia Saudita suspende redução do prazo de validade de cortes de frango, informa BRF – Áudio gerado às: 9:40:26

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

hotWords: redução cortes arábia suspende frango,

Anuncie no invistaja.info

A autoridade sanitária da Arábia Saudita (SFDA, na sigla em inglês) decidiu suspender a implementação da medida que determinava a redução do prazo de validade de frangos in natura congelados e seus cortes, de um ano para 3 meses, contados da data de abate, informou a companhia de alimentos BRF (BRFS3).

Segundo comunicado divulgado nesta terça-feira, os sauditas também optaram por retirar notificação sobre o tema junto à Organização Mundial do Comércio (OMC).

Quando a medida foi anunciada, em meados de maio, a BRF chegou a afirmar que a nova regra poderia afetar as vendas da empresa.

+Ibovespa fecha em queda de 1,1% seguindo exterior e cenário político; dólar tem leve baixa

Maior processadora de frango do Brasil, a companhia produz a proteína no mercado saudita por meio de parcerias com empresas locais e também exporta produtos brasileiros para o país árabe.

Na avaliação do Bradesco BBI, a suspensão dessa medida é marginalmente positiva para a BRF, para quem eles possuem recomendação neutra e preço-alvo de R$ 32 por ação, uma vez que a medida anunciada anteriormente poderia ser um desafio para as exportações brasileiras de frango (dado o tempo necessário para processar e embarcar o frango do Brasil para a Arábia Saudita).

Os analistas estimam que a Arábia Saudita responda por 12% do volume total de exportação de frango do Brasil e o país represente 7% da receita consolidada da BRF.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) disse em nota que a decisão dos sauditas acolheu argumentos de nações exportadoras, inclusive do Brasil, e de stakeholders locais.

“A acolhida da decisão restabelece os processos de nossas tratativas com o fundamental mercado da Arábia Saudita sob os critérios que norteiam o comércio internacional de alimentos”, afirmou o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

“É uma notícia importante para os exportadores brasileiros, que tem uma sólida e longa relação com este mercado.”

(com Reuters)

hotWords: redução cortes arábia suspende frango,

Anuncie no invistaja.info

A autoridade sanitária da Arábia Saudita (SFDA, na sigla em inglês) decidiu suspender a implementação da medida que determinava a redução do prazo de validade de frangos in natura congelados e seus cortes, de um ano para 3 meses, contados da data de abate, informou a companhia de alimentos BRF (BRFS3).

Segundo comunicado divulgado nesta terça-feira, os sauditas também optaram por retirar notificação sobre o tema junto à Organização Mundial do Comércio (OMC).

Quando a medida foi anunciada, em meados de maio, a BRF chegou a afirmar que a nova regra poderia afetar as vendas da empresa.

+Ibovespa fecha em queda de 1,1% seguindo exterior e cenário político; dólar tem leve baixa

Maior processadora de frango do Brasil, a companhia produz a proteína no mercado saudita por meio de parcerias com empresas locais e também exporta produtos brasileiros para o país árabe.

Na avaliação do Bradesco BBI, a suspensão dessa medida é marginalmente positiva para a BRF, para quem eles possuem recomendação neutra e preço-alvo de R$ 32 por ação, uma vez que a medida anunciada anteriormente poderia ser um desafio para as exportações brasileiras de frango (dado o tempo necessário para processar e embarcar o frango do Brasil para a Arábia Saudita).

Os analistas estimam que a Arábia Saudita responda por 12% do volume total de exportação de frango do Brasil e o país represente 7% da receita consolidada da BRF.

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) disse em nota que a decisão dos sauditas acolheu argumentos de nações exportadoras, inclusive do Brasil, e de stakeholders locais.

“A acolhida da decisão restabelece os processos de nossas tratativas com o fundamental mercado da Arábia Saudita sob os critérios que norteiam o comércio internacional de alimentos”, afirmou o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

“É uma notícia importante para os exportadores brasileiros, que tem uma sólida e longa relação com este mercado.”

(com Reuters)

palavras-chave: Arábia Saudita suspende redução do prazo de validade de cortes de frango, informa BRF; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Arábia Saudita suspende redução do prazo de validade de cortes de frango, informa BRF

REFLEXÃO: Michael Kitces, conselheiro financeiro: Invista pensando no longo prazo, não especule, mas, não ignore as flutuações do mercado.

Notícias relacionadas:

Retiradas de diplomatas do Afeganistão aceleram, Talibã promete paz

Novo ETF com 100% de exposição ao Ethereum estreia na B3; Bolsa chega a 5 ETFs de criptomoedas

Ibovespa Futuro sobe antes de ata do Fomc, recuperando-se de duas quedas fortes em dia de vencimento; dólar tem alta

BR Distribuidora vende participação na Brasil Carbonos para Unimetal por R$ 18,88 milhões

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade