BCE reduz suporte, mas não sinaliza fim do estímulo

O movimento foi modesto e a autoridade monetária não deu nenhum sinal de seu próximo movimento
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para o trader investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: BCE reduz suporte, mas não sinaliza fim do estímulo; invistaja.info;


RNEW11 | Liq.2meses: 253790.0 | P/Cap.Giro: 0.72 | Pat.Liq: -844112000.0 | Cotacao: 8.9 | ROIC: -0.0323 | DY: 0.0

ListenToMarket: BCE reduz suporte, mas não sinaliza fim do estímulo – Áudio gerado às: 9:30:17

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

FRANKFURT, 9 Set (MarketMsg) – O Banco Central Europeu (BCE) reduzirá ligeiramente suas compras de títulos de emergência ao longo do próximo trimestre, disse a autoridade monetária nesta quinta-feira, dando um passo simbólico para desfazer a ajuda econômica de emergência que sustentou o bloco durante a pandemia.

No entanto, o movimento foi modesto e o BCE não deu nenhum sinal de seu próximo movimento, incluindo como desfazer o Programa de Compra de Emergência da Pandemia (PEPP) de 1,85 trilhão de euros, que manteve os custos de empréstimos baixos para governos e empresas.

Sob o PEPP, o BCE vai comprar títulos a um ritmo moderadamente menor nos próximos três meses do que os 80 bilhões de euros por mês que comprou nos dois trimestres anteriores.

+Via faz investimento minoritário em 3 startups e amplia frente financeira; Itaú BBA vê impacto pouco relevante para ações

“O Conselho julga que condições favoráveis de financiamento podem ser mantidas com um ritmo moderadamente mais lento de compras de ativos sob o Programa de Emergência da Pandemia do que nos dois trimestres anteriores”, disse o BCE em comunicado.

hotWords: sinaliza estímulo suporte,

Anuncie no invistaja.info

Nos últimos dois trimestres, o banco comprou cerca de 80 bilhões de dólares em dívida por mês. O BCE não deu um número para os próximos três meses, mas analistas previam antes da reunião que as compras cairia para entre 60 bilhões e 70 bilhões de euros.

Destacando a cautela das autoridades, o banco também manteve a antiga promessa de aumentar o estímulo se os mercados e as condições de financiamento exigirem.

O banco acrescentou que comprará títulos com flexibilidade, de acordo com as condições de mercado, procurando evitar um aperto nas condições de financiamento incompatível com seu objetivo de inflação.

palavras-chave: BCE reduz suporte, mas não sinaliza fim do estímulo; invistaja.info;

BRASIL | economia | invistaja.info – BCE reduz suporte, mas não sinaliza fim do estímulo

REFLEXÃO: Bill Mann, da Motley Fool Asset Management: Busque investir em conjunto com grandes gestores, depois, é só ser paciente.

Notícias relacionadas:

Ibovespa Futuro abre em alta após derrocada da véspera e DIs disparam com IPCA acima do esperado

Inflação medida pelo IPCA sobe 0,87% em agosto, acima do esperado e a maior para o mês desde 2000

Aeris fecha acordo para venda de R$ 1,6 bilhão em pás eólicas à Nordex Energy

China diz que empresas de games devem evitar foco em lucros e leva à forte venda de ações do setor

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade