Bento Albuquerque volta a negar risco de apagão ou racionamento

Ministro disse que o governo monitora o sistema elétrico 24 horas por dia e que está adotando medidas desde o final do ano passado.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias do mercado financeiro

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Bento Albuquerque volta a negar risco de apagão ou racionamento; invistaja.info;


BBRK3 | EV/EBIT: -5.5 | P/ACL: -2.31 | P/EBIT: -6.64 | P/Ativo: 1.013 | Div.Brut/Pat.: 0.0 | Liq.2meses: 14275800.0

ListenToMarket: Bento Albuquerque volta a negar risco de apagão ou racionamento – Áudio gerado às: 9:30:21

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, reafirmou que não há risco de o Brasil voltar a enfrentar racionamento ou apagão devido à grave crise hídrica. Em entrevista ao programa ‘Agenda Econômica’, da TV Senado, Albuquerque disse que o governo monitora o sistema elétrico 24 horas por dia e que está adotando medidas desde o final do ano passado.

“Não corremos risco de apagão, não corremos risco de racionamento. Como eu já tive oportunidade de falar algumas vezes, nós monitoramos o nosso sistema interligado nacional 24 horas por dia”, disse. O vídeo da entrevista foi disponibilizado na noite desta quarta-feira, 7.

No final do mês passado, o governo editou uma Medida Provisória para criar a Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética, a CREG. O grupo, presidido por Albuquerque, poderá determinar mudanças nas vazões de reservatórios e hidrelétricas, por exemplo. Como revelou o Broadcast, uma versão inicial do documento previa a possibilidade até mesmo de um programa de “racionalização compulsória”.

+Ata do Fomc mostra que membros veem menor clareza em dados, mas se preparam para reduzir compras de ativos

O ministro explicou que a escassez nos reservatórios levou à necessidade de acionar mais usinas termelétricas, que geram uma energia mais cara. Por causa disso, a Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou um reajuste de 52% na bandeira vermelha patamar 2 – taxa adicional cobrada nas contas de luz para fazer frente aos custos com a geração.

hotWords: bento albuquerque negar apagão

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Albuquerque classificou o aumento como “consequência da crise hídrica” e afirmou que as térmicas dão mais segurança ao fornecimento de energia.

“Essas termelétricas estão sendo utilizadas mais intensamente agora, fruto dos níveis dos nossos reservatórios e isso vai na conta do consumidor. Essas bandeiras tarifárias significam que o custo da energia ficou mais caro e essa energia tem de ser paga, é isso que indica e é isso que o consumidor vai ter de arcar com o custo”, afirmou o ministro.

Quer trabalhar como assessor de investimentos? Entre no setor que paga as melhores remunerações de 2021. Inscreva-se no curso gratuito “Carreira no Mercado Financeiro”.

palavras-chave: Bento Albuquerque volta a negar risco de apagão ou racionamento; invistaja.info;

FLORIANÓPOLIS | economia | invistaja.info – Bento Albuquerque volta a negar risco de apagão ou racionamento

REFLEXÃO: Eddy Elfenbein, dono do site Crossing Wall Street: Seja paciente e ignore modismos. Foque no valor e não entre em pânico.

Notícias relacionadas:

Ibovespa Futuro cai quase 2% seguindo aversão ao risco no exterior com preocupações sobre retomada; dólar sobe a R$ 5,28

Inflação medida pelo IPCA sobe 0,53% em junho puxada por alta da energia, mas fica um pouco abaixo do esperado

BCE define nova meta de inflação após revisão de estratégia de 18 meses

Já tivemos uma redução importante da vazão em alguns municípios, diz presidente da Sabesp

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.