BR Partners ganha licitação para conduzir capitalização da Eletrobras

A seleção ocorreu após o envio, pelos bancos contatados de propostas, que foram posteriormente analisadas pela companhia
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: BR Partners ganha licitação para conduzir capitalização da Eletrobras; invistaja.info;


RNEW11 | Liq.2meses: 640891.0 | P/Cap.Giro: 0.74 | EV/EBITDA: -27.2 | EV/EBIT: -23.79 | PSR: 5.089 | Cotacao: 12.31

O banco BR Partners (BRBI11) ganhou a licitação para fazer a avaliação do grupo Eletrobras (ELET3;ELET6) em seu processo de capitalização. A seleção ocorreu após o envio, pelos bancos contatados de propostas, que foram posteriormente analisadas pela companhia.

A avaliação econômico-financeira é um dos primeiros passos para que a estatal caminhe para sua privatização. Na última semana, a Câmara dos Deputados aprovou o parecer da Medida Provisória que permite a saída da União do controle da empresa de energia elétrica.

Com isso, o governo pode seguir com os preparativos para a emissão de novas ações da companhia, prevista para o primeiro trimestre de 2022. Com novas ações, a participação do governo na Eletrobras será diluída. A União não participará da Oferta Pública de Ações (OPA), diminuindo, assim, sua participação nos papéis ordinários da companhia para menos de 50%. A capacidade de voto dos acionistas da Eletrobras será limitada a 10%, independentemente da posição acionária.

+Fundos imobiliários: gestores apontam incoerência na proposta do governo em tributar dividendos

Essa é a terceira vez que se tenta privatizar a Eletrobras. A primeira vez foi ainda no governo de Fernando Henrique Cardoso. Naquela época, a ideia era fazer uma privatização tradicional, vendendo as estatais do grupo (Furnas, Chesf e Eletronorte) separadamente. Mas o plano foi frustrado. No governo Lula, a empresa foi retirada do Plano Nacional de Desestatização (PND). Na gestão Temer, uma MP foi enviada ao Congresso, que Bolsonaro usou como base para a privatização atual.

O BR Partners, fundado em 2009 por Ricardo Lacerda, Andrea Pinheiro e Jairo Loureiro, estreou nesta semana na Bolsa brasileira após realizar uma oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) que somou R$ 400 milhões. Na primeira semana, as ações tiveram valorização de cerca de 30%.

As estratégias dos melhores investidores do país e das melhores empresas da Bolsa, premiadas num ranking exclusivo: conheça os Melhores da Bolsa 2021

palavras-chave: BR Partners ganha licitação para conduzir capitalização da Eletrobras; invistaja.info;

FLORIANÓPOLIS | mercados | invistaja.info – BR Partners ganha licitação para conduzir capitalização da Eletrobras

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Saiba mais:

Reforma tributária é populista e compromete longo prazo, diz Bernard Appy

Caged, Pnad, relatório de emprego nos EUA e dados da China: o que acompanhar nesta semana

Como a perseguição da China aos mineradores de Bitcoin pode ser boa para a criptomoeda

Empresários se queixam de tributação em nova proposta do governo

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.