Publicidade

Carrefour tem lucro 31% maior e propõe dividendos; produção da Petrobras volta a subir, estreia da CSN Mineração e mais

Confira os destaques da B3 na sessão desta quinta-feira (18)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

palavras-chave: Carrefour tem lucro 31% maior e propõe dividendos; produção da Petrobras volta a subir, estreia da CSN Mineração e mais; invistaja.info;


MARINGÁ | invistaja.info — Em destaque no radar corporativo, está a continuidade da temporada de resultados: o Carrefour Brasil apresentou lucro líquido ajustado ao controlador de R$ 886 milhões no quarto trimestre 2020, uma alta de 31,1% em relação ao registrado no mesmo período de 2019. O Ebitda ficou em R$ 1,732 bilhão, alta de 18,2% ante o quarto trimestre de 2019. Depois do fechamento do mercado, serão revelados os números do IRB Brasil.

Ainda no radar, a produção de petróleo da Petrobras voltou a crescer em janeiro, depois de ter abandonado o patamar dos 2 milhões de barris diários em dezembro do ano passado. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a estatal produziu em média 2,140 milhões de barris diários, 7,8% a mais do que no mês anterior.

A sessão ainda marca a estreia das ações da CSN Mineração após a abertura de capital (IPO) na última sexta-feira. Confira os destaques:

+Operadoras de telefonia são notificadas pelo Ministério da Justiça e pelo Procon pelo vazamento de dados

Carrefour Brasil (CRFB3)

O Carrefour Brasil apresentou lucro líquido ajustado ao controlador de R$ 886 milhões no quarto trimestre 2020, uma alta de 31,1% em relação ao registrado no mesmo período de 2019. O Ebitda ficou em R$ 1,732 bilhão, alta de 18,2% ante o quarto trimestre de 2019.

As vendas líquidas do grupo ficaram em R$ 19,873 bilhões, um crescimento de 24,1% em relação ao contabilizado um ano atrás.

No resultado negócio a negócio do grupo, o Ebitda Ajustado do Atacadão ficou em R$ 1,065 bilhão, alta de 25,7%. Na bandeira Carrefour, o indicador foi de R$ 455 milhões, alta de 42,2%. Já no Banco Carrefour ele foi de R$ 266 milhões, queda de 20,6%.

De acordo com a equipe de análise da XP Investimentos, a companhia continuou a entregar resultados fortes no Atacarejo e Varejo, com o Banco Carrefour apresentando uma recuperação mais rápida do que esperado. Adicionalmente, a companhia anunciou o pagamento de um dividendo adicional de R$ 759 milhões (yield de 1,9%) além de uma mudança na sua política de dividendos para até 45% do lucro líquido ajustado (versus 25% antes).

“Acreditamos que os resultados de curto prazo permaneçam sólidos, enquanto vemos o setor estruturalmente melhor no ‘novo normal’ do que antes da pandemia devido a políticas flexíveis de home office e novos hábitos de consumo”, apontam os analistas, que mantêm recomendação neutra e preço alvo de R$ 25 por ação para o fim de 2021.

Petrobras (PETR3;PETR4)

A produção de petróleo da Petrobras voltou a crescer em janeiro, depois de ter abandonado o patamar dos 2 milhões de barris diários em dezembro do ano passado. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), a estatal produziu em média 2,140 milhões de barris diários, 7,8% a mais do que no mês anterior.

A produção de gás natural também foi incrementada no mês passado, subindo 8,7% na comparação com dezembro de 2020, para 97,8 milhões de metros cúbicos por dia.

Ao todo, a produção da Petrobras fechou janeiro totalizando em média 2,755 milhões de barris de óleo equivalente (boe), retornando ao patamar de outubro do ano passado.

Ainda no radar, os petroleiros da Bahia planejam realizar uma greve, a partir desta quinta-feira, para pressionar a Petrobras  por respostas diante da venda de uma refinaria no Estado, segundo comunicado publicado nesta quarta-feira pela Federação Única dos Petroleiros (FUP). A paralisação foi confirmada apesar da estatal ter afirmado em nota que o movimento é ilegal e que adotará todas as medidas administrativas e jurídicas cabíveis.

A FUP disse que os trabalhadores entregaram à Petrobras uma pauta reivindicatória relacionada à venda da Refinaria Landulpho Alves (Rlam) para o Fundo Mubadala e que desde segunda-feira a petroleira vem realizando reuniões com o Sindipetro-Bahia, mas que não houve avanço nas conversas.

Dentre as reivindicações, os trabalhadores questionam como ficará o cronograma de transição da operação, os prazos de transferência de funcionários, critérios e prioridades.

Anuncie no invistaja.info

CSN Mineração (CMIN3) 

A ação da CSN Mineração faz sua estreia nesta quinta-feira na B3. A oferta inicial de ações (IPO) foi precificada na sexta-feira a R$ 8,50 cada, movimentando R$ 5,2 bilhões.

Com a venda de R$ 1,37 bilhão em ações novas, a companhia pretende investir em projetos como Itabirito P15 e de recuperação de rejeitos de barragem Pires e Casa de Pedra, a principal mina da empresa, localizada em Congonhas (MG).

Além disso, a siderúrgica CSN, a Japão Brasil e a sul-coreana Posco levantaram o equivalente a R$ 3,85 bilhões com a venda de participações no negócio.

Antes da oferta, a CSN tinha 87,5% da CSN Mineração e, pelo cálculos da companhia, após a operação, sem considerar os lotes adicionais de papéis, reduziria essa fatia para 79,1%.

AES Brasil (TIET11)

A elétrica AES Brasil (antiga AES Tietê) firmou um acordo com a produtora de metais Minasligas para o fornecimento de 21 megawatts (MW) médios pelo prazo de 20 anos, com entrega de energia a partir de 2023, informou a companhia nesta quarta-feira.

Segundo fato relevante publicado pela AES Brasil, o fornecimento ocorrerá por meio de um parque eólico no complexo Cajuína, no Rio Grande do Norte, região onde a controlada da norte-americana AES Corp AES.N cria seu cluster eólico, com início de construção esperado para 2021.

O projeto, segundo a ser desenvolvido no complexo eólico potiguar, possui 46 MW de capacidade eólica instalada, equivalentes a 25 MW médios de energia assegurada a P50, informou a empresa. “A AES Brasil reforça sua estratégia de crescimento e diversificação de portfólio por meio do desenvolvimento de projetos de fontes renováveis e complementares à hídrica e com contratos de longo prazo”, acrescentou a companhia.

Cielo (CIEL3)

A Cielo vai começar a testar a partir desta quinta o reconhecimento facial nas compras presenciais feitas com cartões de crédito em uma unidade da Drogaria Iguatemi, em um shopping de São Paulo. Os testes ocorrem em um momento em que a maior empresa de meios eletrônicos de pagamentos expande os canais para transações sem contato, que têm crescido rápido diante da pandemia da Covid-19. A solução é testada em parceria com a startup catarinense Payface, e deve ser estendida para outras lojas da Iguatemi em São Paulo e em Curitiba.

Cogna (COGN3)

Segundo o jornal Valor, a negociação entre Cogna e Eleva Educação avançou, e pode ser fechada neste mês. De acordo com o jornal, a Eleva deve vender seu sistema de ensino em troca de escolas da Cogna. A diferença entre o valor dos ativos seria paga em ações da Eleva, que pretende abrir o capital ainda neste semestre.

Já pensou em ser um broker? Esta série gratuita do (MarketMsg) mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.

palavras-chave: Carrefour tem lucro 31% maior e propõe dividendos; produção da Petrobras volta a subir, estreia da CSN Mineração e mais; invistaja.info;

CALIFORNIA | mercados | invistaja.info – Carrefour tem lucro 31% maior e propõe dividendos; produção da Petrobras volta a subir, estreia da CSN Mineração e mais

Leia também:

Fed manterá acordo de swaps com o Brasil; sistema bancário se mostrou resiliente

Ações da Taurus fecham em alta de quase 15% após Bolsonaro flexibilizar decretos sobre uso de armas

Ações da Embraer saltam 14% após fala de CEO da Lufthansa; PetroRio dispara quase 10% e Petrobras avança 4%

Prati-Donaduzzi: a história da farmacêutica bilionária que começou na cozinha da casa de seus fundadores

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade