Publicidade

Fitch reitera rating do Brasil em BB-, com perspectiva negativa

Rating é apoiado por sua economia grande e diversificada, mas agência destaca riscos fiscais
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdos sobre investimentos

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Fitch reitera rating do Brasil em BB-, com perspectiva negativa; invistaja.info;


FLRY3 | Mrg.Liq.: 0.111 | EV/EBIT: 11.31 | Liq.2meses: 41242400.0 | Pat.Liq: 1814990000.0 | P/VP: 3.34 | P/ACL: -2.54

ListenToMarket: Fitch reitera rating do Brasil em BB-, com perspectiva negativa – Áudio gerado às: 14:40:27

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

A Fitch Ratings reafirmou nesta terça-feira (14) o rating soberano BB- para o Brasil, com perspectiva negativa. A nota soberana atribuída ao Brasil mantém o país no grupo de maior risco de crédito, o chamado status “junk”.

De acordo com a agência de classificação de risco, a classificação de risco do Brasil é apoiada por sua economia grande e diversificada, alta renda per capita em relação aos pares e capacidade de absorver choques externos sustentada por sua taxa de câmbio flexível, desequilíbrios externos moderados, reservas internacionais robustas e status de credor externo soberano líquido.

Isso, por sua vez, é contraposto pelas altas necessidades de financiamento do Brasil e endividamento do governo, uma estrutura fiscal rígida, potencial de crescimento econômico fraco e um cenário político difícil que impede o progresso nas reformas fiscais e econômicas.

+Pílula da Pfizer previne internações, mas não sintomas leves

A perspectiva negativa, por sua vez, reflete riscos de queda para a economia e de deterioração para as finanças públicas e para a trajetória da dívida num contexto de restrições nas condições de financiamento e de aumento das dúvidas sobre a credibilidade da âncora do teto de gastos, na sequência de alterações ao seu cálculo para dar lugar a despesas sociais adicionais.

“As incertezas fiscais, a alta inflação e a volatilidade do real vão pesar sobre a economia em 2022 e aumentar o risco de uma recessão total, enquanto os custos de empréstimos soberanos mais altos, juntamente com um déficit primário mais alto, levarão a uma deterioração renovada das finanças públicas em 2022. Riscos de baixa poderiam ser exacerbados por uma corrida eleitoral potencialmente polarizadora em 2022”, avaliam.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui.

palavras-chave: Fitch reitera rating do Brasil em BB-, com perspectiva negativa; invistaja.info;

FARIA LIMA | economia | invistaja.info – Fitch reitera rating do Brasil em BB-, com perspectiva negativa

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Saiba mais:

Ibovespa cede à pressão do exterior e opera em baixa; Bolsas em NY reagem a dado de inflação ao produtor

Ata do Copom reforça visão de Selic elevada por mais tempo, mas dados fracos podem fazer BC “esperar para ver”

Passaporte de vacina ajuda países a elevar proteção, diz estudo

Campos Neto fala em aceleração de crescimento de emergentes acima do Brasil

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade