Itaú corta projeção para Ibovespa em 2021, de 152 mil para 120 mil pontos, e ajusta portfólio em meio à “tempestade perfeita”

Com piora do cenário macro e de perspectivas para Selic e IPCA, banco reduziu exposição a nomes de alto crescimento e incluiu empresas mais defensivas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para quem vive o mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Itaú corta projeção para Ibovespa em 2021, de 152 mil para 120 mil pontos, e ajusta portfólio em meio à “tempestade perfeita”; invistaja.info;


BRKM5 | DY: 0.0 | ROIC: 0.3338 | Mrg.Ebit: 0.2535 | Liq.Corr.: 1.26 | P/L: 5.92 | Liq.2meses: 183419000.0

ListenToMarket: Itaú corta projeção para Ibovespa em 2021, de 152 mil para 120 mil pontos, e ajusta portfólio em meio à “tempestade perfeita” – Áudio gerado às: 11:40:43

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

MARINGÁ | invistaja.info — Diante da deterioração do cenário macro brasileiro, com riscos fiscais e políticos, além de pressão inflacionária e aumento dos juros, o Itaú BBA optou por cortar sua projeção para o Ibovespa ao fim de 2021, de 152 mil para 120 mil pontos, em relatório chamado “A tempestade perfeita – ajustando o nosso portfólio de compra em Brasil” (em tradução livre). A estimativa implica potencial de alta de 3,3% em relação aos patamares atuais.

Em relatório, o banco cita a piora das estimativas do mercado financeiro com relação à taxa Selic e à inflação. No relatório Focus, do Banco Central, a expectativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu de 5,44%, em junho, para 8%, no levantamento mais recente. Já a Selic deve encerrar o ano em 8%, frente projeção de 5,75% em junho.

Os riscos fiscais também vêm aumentando, escreve o Itaú BBA, dada a dificuldade em reconciliar o teto de gastos com gastos dos precatórios, e a pressão para expandir o Bolsa Família. O banco também diz que o cenário hídrico deve pressionar as tarifas de energia, por conta do uso de termelétricas.

+Bradespar aprova bonificação de ações e pode entregar R$ 5,26 bi aos acionistas em papéis da Vale; XP vê notícia como positiva

Um racionamento este ano, contudo, não é o cenário-base da casa, apenas se as chuvas continuarem em níveis baixos; situação em 2022 dependerá da estação chuvosa, que começa em novembro.

“Olhando para frente, esperamos que os investidores sejam mais seletivos, dado o aumento da percepção de risco com a deterioração das perspectivas macro”, escrevem os analistas Marcelo Sa e Matheus Marques, que assinam o relatório.

Neste contexto, o Itaú BBA ajustou seu portfólio, reduzindo exposição a nomes de alto crescimento e incluindo empresas consideradas mais defensivas. Dito isso, o banco excluiu da seleção Bradesco (BBDC4), Magazine Luiza (MGLU3) e Méliuz (CASH3), e incluiu Energisa (ENGI11), Eneva (ENEV3) e WEG (WEGE3).

“Nossa carteira recomendada de Brasil estava apostando em uma forte recuperação do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e que o Federal Reserve demoraria mais para iniciar o ciclo de alta [de juros]. Ficamos mais negativos sobre a perspectiva macro do Brasil e agora estamos ajustando nosso portfólio”, justifica a dupla.

Embora os analistas concordem com o movimento estratégico do Meliúz de lançar um novo aplicativo com seu próprio cartão de crédito em 2022, avaliam que o ímpeto de ganhos de curto prazo será fraco. “Não há incentivo para oferecer novos cartões de crédito agora, pois estaria compartilhando ganhos com seus parceiros”, escrevem.

Veja também: Estrategistas da XP reduzem projeção do Ibovespa para 135 mil pontos em 2021

Para o Magalu, a perspectiva do Itaú BBA é de que o ritmo de crescimento da companhia desacelere substancialmente, dado as bases de comparação mais fortes em 2020.

Já em Bradesco, o time de análise rebaixou as ações do banco para market perform (em linha com a performance do mercado) após resultados mais fracos que o esperado no primeiro semestre e um cenário macro mais desafiador.

hotWords: projeção itaú ibovespa ajusta portfólio para corta

Publique seu negócio no invistaja.info

Novos nomes na seleção

Com relação às novas inclusões, a recomendação de WEG se baseia em seu “impecável histórico de resultados sólidos e elevados retornos impulsionados por uma estratégia clara de longo prazo”, bem como um balanço saudável que permite à empresa buscar oportunidades de crescimento orgânico e inorgânico.

De acordo com a dupla de analistas, os resultados do segundo trimestre seguem a visão positiva do Itaú BBA, com crescimento significativo ano sobre ano, mesmo com pouco ou nenhum impacto da pandemia no segundo trimestre de 2021.

“Olhando para o futuro, destacamos o desempenho da empresa no exterior, com ganhos potenciais de participação de mercado nos EUA, Europa e Ásia no longo prazo. Em um horizonte mais curto, os investidores devem monitorar a carteira de pedidos de ciclo curto e longo e o impacto das mudanças regulatórias nos negócios de geração solar distribuída e no fluxo de notícias relacionadas a aquisições”, escrevem Sa e Marques.

A tese da recomendação de Energisa, por sua vez, está baseada na avaliação de que a companhia é um nome defensivo de alta qualidade, negociado a um valuation “bastante atrativo”.

Segundo o Itaú BBA, a empresa está em um momento positivo devido ao impacto da alta do IGP-M na “parcela B”, além de a companhia ser protegida, do ponto de vista regulatório, da alta da inflação.

“A Energisa está negociando com grande desconto em relação à Equatorial, sua principal concorrente. Esperamos que o desconto seja reduzido devido à recente mudança da Equatorial para o setor de saneamento”, escrevem os analistas.

Por fim, o time vê a Eneva como o melhor veículo para enfrentar a desafiadora crise hídrica. O banco elevou na terça-feira (14) sua recomendação para a companhia para outperform (performance acima da média do mercado) e elevou o preço-alvo para as ações da companhia de R$ 15 para R$ 18,60. Leia mais aqui.

Na visão do Itaú BBA, os volumes não contratados da elétrica se beneficiarão dos preços extremamente altos da energia em 2021 e 2022 e das “enormes oportunidades” de crescimento que o banco espera para a empresa, com concorrência relativamente baixa.

Conheça o plano de ação da XP para você transformar os desafios de 2022 em oportunidades de investimento.

palavras-chave: Itaú corta projeção para Ibovespa em 2021, de 152 mil para 120 mil pontos, e ajusta portfólio em meio à “tempestade perfeita”; invistaja.info;

FLORIANÓPOLIS | mercados | invistaja.info – Itaú corta projeção para Ibovespa em 2021, de 152 mil para 120 mil pontos, e ajusta portfólio em meio à “tempestade perfeita”

REFLEXÃO: Bill Mann, da Motley Fool Asset Management: Busque investir em conjunto com grandes gestores, depois, é só ser paciente.

Saiba mais:

Ações da Bradespar saltam 7% após anúncios, enquanto Vale cai com minério; Gol sobe 5% com expansão de acordo e mais destaques

Ações da Bradespar saltam 7% após anúncios, enquanto Vale 1% cai com minério; Gol sobe 5% com expansão de acordo e mais destaques

Ibovespa cai em meio a preocupações com economia chinesa; dólar zera perdas

SpaceX faz primeiro voo orbital civil da história

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade