Ministério da Economia prevê ganho líquido arrecadatório de R$ 1,9 bilhão com 2ª fase da reforma tributária

Pasta projeta um efeito líquido positivo das medidas de cerca de 980 milhões de reais para 2022
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para traders e investidores

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Ministério da Economia prevê ganho líquido arrecadatório de R$ 1,9 bilhão com 2ª fase da reforma tributária; invistaja.info;


SAPR4 | P/Cap.Giro: 7.6 | Liq.2meses: 15999400.0 | Cresc.5anos: 0.0811 | P/EBIT: 3.73 | Div.Brut/Pat.: 0.57 | Mrg.Liq.: 0.2064

BRASÍLIA (invistaja.info) – O Ministério da Economia projetou nesta sexta-feira um ganho de arrecadação em torno de 1,9 bilhão de reais em três anos com a implementação da segunda fase da reforma tributária, apresentada nesta manhã, que trata de ajustes no Imposto de Renda.

Em coletiva de imprensa remota, o chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Malaquias, afirmou que a pasta projeta um efeito líquido positivo das medidas de cerca de 980 milhões de reais para 2022.

Para 2023 e 2024, a Economia projeta resultados positivos, respectivamente, da ordem de 330 e 590 milhões de reais. “Todos os reajustes, as calibrações que foram feitas nas alíquotas, foram com vistas a manter a diretriz de consolidação do resultado fiscal”, explicou.

+Gastos extras vão reduzir “folga” do teto, prevê governo

IMPOSTO DE RENDA

O projeto de lei apresentado estabelece alteração na renda de corte para a faixa de isenção do Imposto de Renda (IR) para pessoas físicas dos atuais 1.903,98 reais, para 2.500 reais. Pelo novo quadro, 16,3 milhões de brasileiros estarão isentos do IR, ante os atuais 10,7 milhões, aumento de 31% na faixa de isenção.

Segundo Malaquias, a estimativa é que a atualização da tabela e o aumento da isenção de contribuintes gere uma perda arrecadatória de 13,5 bilhões de reais para 2022. Já em 2023 e 2024, a arrecadação seria menor em 14,46 e 15,44 bilhões de reais, respectivamente.

DIVIDENDOS

Como já vinha sendo antecipado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, o texto propõe tributar dividendos distribuídos a pessoas físicas. A alíquota será de 20%, com isenção para valores de até 20 mil reais recebidos por mês.

Ainda de acordo com Malaquias, a pasta estima acréscimo da receita na ordem de 18,5 bilhões de reais em 2022 com a taxação de dividendos. Para os anos de 2023 e 2024, as projeções de aumento de arrecadação são de 54,9 e 58,15 bilhões de reais, respectivamente.

hotWords: prevê reforma ganho arrecadatório bilhão fase

Anuncie no invistaja.info

Leia mais

Tributação de dividendos: quais são os possíveis impactos da proposta para as ações?Governo apresenta projeto que modifica Imposto de Renda; veja os principais pontos

No caso de pessoas jurídicas, o projeto prevê redução da alíquota sobre os lucros das empresas, dos atuais 15% para 12,5% em 2022 e para 10% a partir de 2023. Mas o adicional de 10% que incide sobre lucros acima de 20 mil reais por mês será mantido.

Segundo Malaquias, com base nessas premissas, no ano que vem a perda de arrecadação é estimada em 18,52 bilhões de reais. Em 2023, as perdas teriam acréscimo de 39,2 bilhões de reais. Em 2024, a redução estimada na arrecadação seria de 41,53 bilhões de reais.

OPERAÇÕES EM BOLSA

Pela proposta, o governo unifica as operações realizadas em bolsa de valores em torno de uma única alíquota, de 15%, ante as alíquotas de 20% para operações Day Trade e cotas de Fundos Imobiliários, bem como 15% para o mercado à vista, a termo, de opções e de futuros.

Segundo Malaquias, com base na unificação, as perdas estimadas na arrecadação com operações Day Trade em 2022 e 2023 são de 40 e 50 milhões de reais, respectivamente.

Curso gratuito do (invistaja.info) mostra como você pode se tornar um Analista de Ações. Inscreva-se agora.

palavras-chave: Ministério da Economia prevê ganho líquido arrecadatório de R$ 1,9 bilhão com 2ª fase da reforma tributária; invistaja.info;

FLORIANÓPOLIS | mercados | invistaja.info – Ministério da Economia prevê ganho líquido arrecadatório de R$ 1,9 bilhão com 2ª fase da reforma tributária

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Saiba mais:

BRF anuncia compra da Mogiana Alimentos e chega a 10% do mercado de ração para pets

Mercado mandou recado com ações da Eletrobras subindo 10%, diz presidente da Câmara

Guedes diz ser “inadmissível” rico não pagar imposto sobre dividendo e agora trabalhador será desonerado

Recuperação no mercado e Cade podendo aprovar fusão Azul-Latam: as projeções da Gol em seus 17 anos de Bolsa

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.