O que explica a queda do rendimento dos Treasuries nos EUA? Economistas têm visões divergentes

Analistas apontam uma série de motivos para a maior demanda sobre os treasuries, mas projeções não são todas pessimistas
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: O que explica a queda do rendimento dos Treasuries nos EUA? Economistas têm visões divergentes; invistaja.info;


BIOM3 | EV/EBITDA: -21.41 | Pat.Liq: 172231000.0 | P/EBIT: -19.65 | Div.Brut/Pat.: 1.08 | Cresc.5anos: 6.4825 | PSR: 17.179

ListenToMarket: O que explica a queda do rendimento dos Treasuries nos EUA? Economistas têm visões divergentes – Áudio gerado às: 7:10:39

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

BRASIL | invistaja.info — O rendimento (yield) dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos com vencimento em 10 anos teve sua sétima queda consecutiva na quarta-feira (7), chegando a 1,319%, seu menor patamar desde fevereiro.

Esse movimento ocorre na contramão das expectativas de gradual remoção dos estímulos do Federal Reserve e recuperação da economia americana depois dos impactos do coronavírus.

É importante ressaltar que quando o preço de um título do Tesouro dos EUA sobe por conta da maior procura por ele, seu rendimento cai, refletindo a Lei de Oferta e Demanda. Assim, os treasuries, considerados os ativos mais seguros do mundo devido ao gigantesco Orçamento americano e o histórico do país jamais ter dado calote na dívida, costumam ter quedas nos seus yields em momentos de aversão a risco, quando os investidores buscam mais segurança e menos retorno.

+Oi vende 57,9% dos ativos de fibra óptica para BTG e Globenet por R$ 12,9 bilhões em leilão

Segundo Markus Allenspach, estrategista de renda fixa da Julius Baer, o impasse sobre teto da dívida nos EUA é o fator que está provocando essa queda nos rendimentos dos títulos da dívida americana. “O declínio dos yields dos treasuries ocorre em um momento em que o mercado debate a próxima escassez de títulos do Tesouro. Isso pode soar bizarro, dado o enorme déficit orçamentário que o governo Biden almeja. O problema é que a suspensão do teto legal da dívida termina em 31 de julho de 2021″, escreve.

Allenspach explica que, em tese, o Tesouro dos EUA deveria reduzir sua liquidez para o nível de quando a suspensão foi implementada pela primeira vez, ou seja, para US$ 133 bilhões, bem abaixo do patamar de US$ 746 bilhões no final do mês passado.

“Mesmo para o governo dos Estados Unidos, não é fácil gastar US$ 613 bilhões extras em um mês. Isso significa que o Tesouro terá que reduzir o montante da dívida pendente já antes do prazo final de julho. E se o teto da dívida não for suspenso ou levantado, ela não poderá emitir mais dívidas a partir de então.”

A suspensão do teto da dívida depende de um acordo bipartidário ou de uma maioria simples no Senado para ser aprovada, mas a ala voltada a pautas de sustentabilidade no Partido Democrata vincula seu apoio a mais gastos para a transição energética, proteção ambiental e moradias populares, algo que pode tirar o apoio dos republicanos ao acordo bipartidário para o pacote de investimento em infraestrutura tradicional.

Por outro lado, há quem credite a queda mais à preocupação com uma possível desaceleração da retomada econômica dos EUA. O Índice Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços do país caiu de 64 pontos em maio para 60,1 pontos em junho. A projeção mediana dos economistas era de uma queda menor, para 63,3 pontos.

hotWords: visões economistas explica rendimento eua?

Publique seu negócio no invistaja.info

Conquanto a leitura, por estar acima de 50, ainda mostrar um crescimento na atividade, depois do choque que a economia americana sofreu em 2020 qualquer tipo de desaceleração acaba gerando temores.

Outro ponto citado por analistas para explicar o desempenho dos treasuries é a volatilidade no mercado do petróleo desde o cancelamento da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e Aliados (grupo chamado de Opep+) que definiria uma retomada na produção depois dos cortes realizados por conta da pandemia.

Para completar o ambiente de aversão a risco, a variante delta do coronavírus continua fazendo vítimas no mundo todo. Na última terça (6), a Rússia teve 737 mortes por Covid-19 em 24 horas, o recorde desde o início da pandemia.

A agência de notícias Reuters também trouxe uma explicação mais técnica para a queda nos rendimentos dos treasuries: um desmonte de amplas posições vendidas em papel (preço) e ao rompimento pelo yield de dez anos de um suporte técnico na terça-feira.

De todo modo, à mesma Reuters Eric Souza, gestor sênior de portfólio da SVB Asset Management, disse que era essa combinação de fatores que levava aos rendimentos mais baixos dos títulos.

Já à CNBC, Jason Brady, da Thornburg Investment Management, afirmou ver o movimento como de ajuste e projetou que os rendimentos dos títulos deve subir no futuro, uma vez que o Federal Reserve não será agressivo no aperto monetário, mas com certeza irá retirar paulatinamente estímulos como a compra de US$ 120 bilhões mensais em ativos.

Quer trabalhar como assessor de investimentos? Entre no setor que paga as melhores remunerações de 2021. Inscreva-se no curso gratuito “Carreira no Mercado Financeiro”.

palavras-chave: O que explica a queda do rendimento dos Treasuries nos EUA? Economistas têm visões divergentes; invistaja.info;

FARIA LIMA | mercados | invistaja.info – O que explica a queda do rendimento dos Treasuries nos EUA? Economistas têm visões divergentes

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Tópicos mais acessados:

Cogna e TIM fazem parceria para criar empresa focada em ensino pelo celular

Anvisa autoriza estudos da ButanVac com vacinação em voluntários

Dólar reduz ímpeto com Fed, mas ainda engata 7ª alta e fecha perto de R$5,24

Ações do Magalu fecham em alta de 4,5% e mais varejistas sobem forte; Mater Dei salta 6% após aquisição e PetroRio cai 2%

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.