Publicidade

Oi (OIBR3) diz não haver fato relevante que justifique disparada de 65% da ação em dois pregões

Enquanto OIBR3 disparou mais de 60%, OIBR4 teve ganhos de 37,7% no mesmo período, apesar de ceticismo de analistas com ações

Notícias de investidor para investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Oi (OIBR3) diz não haver fato relevante que justifique disparada de 65% da ação em dois pregões; invistaja.info;


PDGR3 | ROE: -0.1291 | P/Ativo: 0.04 | Liq.Corr.: 0.29 | P/L: 0.08 | Cotacao: 0.15 | EV/EBIT: -14.8

ListenToMarket: Oi (OIBR3) diz não haver fato relevante que justifique disparada de 65% da ação em dois pregões – Áudio gerado às: 19:40:30

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

Em comunicado após questionamentos da B3 e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Oi (OIBR3;OIBR4) sinalizou desconhecer os motivos por trás da disparada expressiva das ações nos últimos pregões, com destaque para a ação ON, mais líquida.Na véspera, as ações ON saltaram 22,83% e, nesta quarta-feira (25), os ativos dispararam 34,62%, acumulando ganhos de 65,35% em apenas dois dias, indo de R$ 1,27 para R$ 2,10; na sexta-feira (20), a alta já tinha sido de 16,36%.Já os papéis PN tiveram alta menos expressiva, mas ainda assim importante, de 14,80% na última terça e de 19,95% nesta quarta, indo de R$ 3,58 para R$ 4,93 em dois pregões, ou um avanço de 37,71%. Na sexta, a alta tinha sido de 7,65%.“A esse respeito, a Oi esclarece que não há fatos ou atos relevantes que em seu entendimento possam justificar possíveis oscilações atípicas no número de negócios e na quantidade negociada de ações da companhia, além daqueles amplamente já compartilhados ao mercado”, destacou a empresa.A empresa ainda “reafirma seu compromisso de manter seus acionistas e o mercado informados a respeito dos aspectos relevantes e significativos de seus negócios, bem como reitera que os investidores e o mercado em geral devem pautar-se tão somente pelas divulgações oficiais realizadas pela companhia”, conforme concluiu em seu comunicado.Ao (MarketMsg), um operador que acompanha o papel apontou não haver notícias da empresa que justifiquem a oscilação, assim como nada mudou em relação aos fundamentos e perspectivas. Contudo, observou que, olhando para o book de negociação da companhia, há investidores institucionais comprando os ativos.Ceticismo do mercadoO fim da recuperação judicial da Oi foi anunciado em meados de dezembro. Porém, as perspectivas para a companhia pelos analistas de mercado a partir daí ainda não são positivas.Na última segunda-feira (23), o UBS BB reduziu o preço-alvo dos papéis ordinários da Oi, alegando que a empresa ainda tem muitos pontos a resolver, ainda que tenha saído da recuperação judicial. O corte foi de R$ 6 para R$ 1,35, redução de 78%. A casa reiterou recomendação neutra para o papel.O relatório do UBS BB, assinado por Leonardo Olmos e sua equipe, dá destaque à dívida bruta de R$ 22 bilhões da Oi, o que representa uma alavancagem de mais de 10 vezes da dívida líquida/Ebitda da companhia. Também observa que a empresa não conseguiu entrar em qualquer acordo definitivo com seus credores.Na avaliação dos analistas da casa, a renegociação dos débitos vai ser fundamental para a Oi no curto prazo. Mas convencer os credores não vai ser uma tarefa fácil, já que as negociações começaram com a empresa pedindo um desconto de 50% e uma injeção de capital de R$ 1 bilhão.No último dia cinco de janeiro, a equipe de research do Santander Brasil rebaixou a recomendação das ações ordinárias da Oi de “manutenção” para “abaixo de mercado” (equivalente à venda). Também atualizaram o preço-alvo do papel, de R$ 0,90 para R$ 0,15, antes do grupamento dos ativos de 10 para 1, que passou a vigorar no dia 9 de janeiro. Fazendo a equivalência, o preço-alvo seria de R$ 1,50.A justificativa principal para a redução foi a queima de caixa maior do que a esperada nos nove primeiros meses de 2022, além da redução do consenso para os resultados operacionais no curto prazo.

palavras-chave: Oi (OIBR3) diz não haver fato relevante que justifique disparada de 65% da ação em dois pregões; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Oi (OIBR3) diz não haver fato relevante que justifique disparada de 65% da ação em dois pregões

REFLEXÃO: Robert Brokamp, da Motley Fool: Diversificação reduz os riscos, aumenta a previsibilidade e impulsiona os retornos.

Saiba mais:

Banco Central deixa de regular vale-alimentação e refeição; entenda o porquê

Tesla (TSLA34) lucra US$ 3,687 bi no 4º trimestre e supera expectativas; ações sobem

Americanas (AMER3) pede extensão nos EUA dos efeitos da recuperação judicial no Brasil

Ação do IRB (IRBR3) desaba 20,93% em primeira sessão pós-grupamento na proporção de 30 para 1

Anuncie no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

plugins premium WordPress