Orçamento para 2022 prevê despesa recorde com 73.640 contratações

No total dos três Poderes, serão criadas 4.097 vagas e repostas outras 69.543 em seleções já realizadas ou por meio de novos concursos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como um profissional

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Orçamento para 2022 prevê despesa recorde com 73.640 contratações; invistaja.info;


ITSA4 | Div.Brut/Pat.: 0.13 | P/ACL: -22.86 | Mrg.Liq.: 1.6184 | Liq.Corr.: 2.16 | P/VP: 1.55 | P/EBIT: 77.81

ListenToMarket: Orçamento para 2022 prevê despesa recorde com 73.640 contratações – Áudio gerado às: 10:50:28

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O governo Bolsonaro quer gastar volume recorde em 2022 para ocupar 73.640 cargos públicos – entre novos postos e a reposição dos que estão vagos. O Orçamento do ano que vem enviado ao Congresso prevê despesa de R$ 5,3 bilhões só para novas contratações, quase o dobro do previsto para este ano.

No total dos três Poderes, serão criadas 4.097 vagas e repostas outras 69.543 por meio de convocação de aprovados em seleções já realizadas ou por meio de novos concursos. Só no Executivo, o governo estimou a criação de 1.129 postos vinculados a militares, além do provimento de 53.442 vagas para atender a outros órgãos – e que incluem vagas de professores, técnicos administrativos, policiais e novamente militares.

O Orçamento de 2022 não traz a previsão de reajustar o salário dos servidores, como ensaiado anteriormente. Por outro lado, o governo aumentou a previsão com a criação de novos cargos e a ocupação dos que já existem e estão vagos.

+Ações de crescimento ganhando, bancos e utilities perdendo: como o fim do JCP e os dividendos taxados podem afetar a Bolsa

O gasto com pessoal passará de R$ 332,355 bilhões, em 2021, para R$ 342,798 bilhões em 2022, conforme o projeto enviado pelo governo. No ano passado, o governo autorizou reajustes somente para os militares (feito em 2021), em razão do processo de reestruturação de carreiras. O último reajuste para os servidores públicos civis foi em 2018, no governo Temer.

“Não tem previsão de reajuste. O Orçamento já está muito apertado”, disse o secretário especial de Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Bruno Funchal.

hotWords: recorde orçamento prevê despesa 73.640

Seja anunciante no invistaja.info

O aumento de gastos com o funcionalismo em época de campanha política é uma das preocupações do mercado financeiro diante do quadro fiscal do País. Enquanto as despesas obrigatórias (como o pagamento de aposentadorias e salários do funcionalismo) crescem, o governo enfrenta impasse para aumentar investimentos e tirar do papel projetos como o Auxílio Brasil, versão turbinada do Bolsa Família.

Ao apresentar a proposta orçamentária, na terça-feira passada, o secretário de Orçamento, Ariosto Culau, citou a previsão de novos concursos em 2022, possibilidade que não estava no radar dos agentes financeiros. Além disso, segundo ele, o crescimento dos gastos com pessoal previsto no projeto incorporou novos concursos. Ele argumentou que o projeto “não tem finalidade eleitoreira, mas atende a necessidades da administração publica”.

Segundo ele, após três anos sem concursos públicos, identificou-se a “necessidade de recomposição de força de trabalho” para o “atendimento de políticas setoriais nos vários órgãos de administração”.

Para o economista Raul Velloso, é preciso olhar o mérito e a necessidade de reservar uma fatia do Orçamento para esses novos cargos. “Num País que cresce pouco e perdeu o rumo, é preciso explicar muito bem qual a finalidade desse gasto, já que deveríamos ampliar o apoio à pobreza e focar nos investimentos. É bom que se contrate agora, mas não sei se é prioridade.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

palavras-chave: Orçamento para 2022 prevê despesa recorde com 73.640 contratações; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Orçamento para 2022 prevê despesa recorde com 73.640 contratações

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Notícias relacionadas:

Crédito é trunfo dos grandes bancos na briga que se acirra com as fintechs

Manifestações, feriado nos EUA, IPCA e reunião do BCE: o que acompanhar nesta semana

Com escassez hídrica, inflação da energia corrói renda no país

Guedes defende transformar excesso de arrecadação em redução de impostos

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade