Organizadores da Olimpíada de Tóquio vão barrar maioria dos voluntários estrangeiros

País já tinha proibido espectadores estrangeiros em meio a preocupações da população com o coronavírus
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias do mercado financeiro

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Organizadores da Olimpíada de Tóquio vão barrar maioria dos voluntários estrangeiros; invistaja.info;


GPCP3 | Cresc.5anos: 0.2287 | Mrg.Ebit: 0.0641 | P/EBIT: 13.0 | Div.Brut/Pat.: 0.5 | P/Cap.Giro: 5.57 | Liq.Corr.: 1.63

hotWords: estrangeiros olimpíada voluntários maioria

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

TÓQUIO (invistaja.info) – Os organizadores da Olimpíada de Tóquio disseram nesta segunda-feira que o Japão não permitirá a entrada de voluntários de fora do país, exceto por aqueles que são considerados essenciais, depois da decisão de proibir espectadores estrangeiros em meio a preocupações da população com o COVID-19.

O presidente-executivo da Tóquio-2020, Toshiro Muto, disse em entrevista coletiva ser “lamentável”, mas que os organizadores decidiram tomar uma decisão agora para evitar confusão para os voluntários estrangeiros que aguardavam uma decisão.

Cerca de 600 mil ingressos comprados por pessoas que moram no exterior serão reembolsados, assim como outros 30 mil ingressos para a Paralimpíada, disseram os organizadores dos Jogos no sábado depois de decidirem pela proibição de espectadores estrangeiros durante o evento.

+Com a Amazônia cada vez mais no radar, grandes investidores veem dificuldades para seguir no Brasil

Muto disse que exceções serão feitas para voluntários com conhecimento especializado sobre esportes específicos e que essas pessoas receberão notificações individuais.

hotWords: estrangeiros olimpíada voluntários maioria

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

TÓQUIO (invistaja.info) – Os organizadores da Olimpíada de Tóquio disseram nesta segunda-feira que o Japão não permitirá a entrada de voluntários de fora do país, exceto por aqueles que são considerados essenciais, depois da decisão de proibir espectadores estrangeiros em meio a preocupações da população com o COVID-19.

O presidente-executivo da Tóquio-2020, Toshiro Muto, disse em entrevista coletiva ser “lamentável”, mas que os organizadores decidiram tomar uma decisão agora para evitar confusão para os voluntários estrangeiros que aguardavam uma decisão.

Cerca de 600 mil ingressos comprados por pessoas que moram no exterior serão reembolsados, assim como outros 30 mil ingressos para a Paralimpíada, disseram os organizadores dos Jogos no sábado depois de decidirem pela proibição de espectadores estrangeiros durante o evento.

+Com a Amazônia cada vez mais no radar, grandes investidores veem dificuldades para seguir no Brasil

Muto disse que exceções serão feitas para voluntários com conhecimento especializado sobre esportes específicos e que essas pessoas receberão notificações individuais.

FARIA LIMA | negocios | invistaja.info – Organizadores da Olimpíada de Tóquio vão barrar maioria dos voluntários estrangeiros

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Saiba mais:

Cade aprova compra da Linx pela Stone, balanços de Eletrobras e Lupatech, recomendações, novo CEO do GPA e mais

Instituto Serum irá atrasar novos envios de vacinas para o Brasil, Marrocos e Arábia Saudita

Lira turca despenca para perto de mínima recorde após Erdogan demitir chefe do BC

Grupo de quase 200 economistas assina carta aberta pedindo efetividade no combate à covid-19 no Brasil

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade