Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 2/7

Relatório de emprego nos Estados Unidos, dados de produção industrial no Brasil e mais destaques desta sexta
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para o trader investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 2/7; invistaja.info;


CLSC3 | P/EBIT: 3.8 | Div.Brut/Pat.: 0.92 | Liq.2meses: 17837.0 | Cotacao: 70.0 | Mrg.Liq.: 0.0619 | P/L: 4.71

BRASIL | invistaja.info — Após a turbulência política por conta da CPI da Covid ter feito o mercado brasileiro se descolar dos internacionais na primeira sessão da segunda metade do ano, o pregão desta sexta-feira (2) terá como destaque a agenda econômica, com a divulgação do relatório de emprego nos EUA, a produção industrial no Brasil, além do noticiário corporativo agitado e a reunião da Opep+, que foi adiada para esta data. Confira no que ficar de olho:

1.Bolsas mundiais

Os índices futuros americanos têm leves altas nesta sexta-feira (2), com investidores à espera do relatório de empregos relativo a junho, que trará mais sinalizações sobre o ritmo de recuperação do mercado dos Estados Unidos.

+Ibovespa Futuro abre em alta acompanhando exterior, com política e Opep no radar; dólar recua

Na quinta pela manhã foram divulgados dados sobre novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos, que somaram 364 mil, o menor patamar desde o início da pandemia.

O índice S&P subiu 0,5% na sessão de quinta, a sua sexta consecutiva com resultados positivos; o Dow Jones subiu 131 pontos, fechando em 34.633,53; e o Nasdaq subiu 0,1%. No primeiro semestre, o S&P acumula alta de 14%. Nasdaq e Dow também tem resultados positivos de dois dígitos.

A expectativa de economistas ouvidos pela Dow Jones é de que o relatório a ser divulgado nesta sexta aponte a criação de 700 mil empregos em junho no país, não considerando o setor agrícola, tenham sido criados, e de que a taxa de desemprego tenha caído de 5,8% para 5,6%.

Além disso, a estimativa é de que o salário médio, medido por hora, tenha subido 0,3% na comparação mensal, e 3,6% na comparação anual. Uma alta inesperada nos salários poderá ser encarada como um sinal de aceleração da inflação, já que o trabalho é um dos maiores custos nos Estados Unidos.

Sinais de alta da inflação poderiam indicar uma mudança na política expansionista do Federal Reserve. Até o momento, o Fed vem mantendo sua política expansionista, afirmando que avalia a alta da inflação como temporária.

hotWords: nesta assuntos mercado

Publique seu negócio no invistaja.info

As bolsas asiáticas tiveram desempenhos  variados entre si nesta sexta, com os investidores também cautelosos à espera dos dados dos Estados Unidos. Na China continental, o Shanghai composto teve queda de 1,95%; em Hong Kong, o índice Hang Seng recuou 1,8%; no Japão, o Nikkei subiu 0,27%; e na Coreia do Sul o Kospi se manteve estável, em 3.281,78 pontos.

Os preços do petróleo têm leve queda, após o encontro da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e seus aliados (grupo frequentemente chamado de Opep+) ter sido adiado para essa sexta. Segundo informações da agência internacional de notícias Reuters, o adiamento ocorreu após os Emirados Árabes Unidos se oporem à assinatura de um novo acordo sobre petróleo.

As bolsas europeias têm leves altas. O índice Stoxx 600, que reúne as ações de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, sobe 0,2%, com destaque positivo para o setor de viagens, que tem alta de 1,1%, enquanto que o setor bancário cai 0,7%.

Dados divulgados nesta sexta pela Eurostat indicam que os preços de produtos direto das fábricas entre os 19 membros da Zona do Euro subiram 9,6% em maio, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, e 1,3% em comparação com o mês imediatamente anterior.

Além disso, após dois dias de negociação, 130 países se comprometeram na quinta a endossar a proposta dos Estados Unidos de uma taxa corporativa mínima de 15%.

Veja o desempenho dos principais indicadores às 7h30 (horário de Brasília):Estados Unidos*Dow Jones Futuro (EUA), +0,07%*S&P 500 Futuro (EUA), +0,07%*Nasdaq Futuro (EUA), +0,18%Europa*FTSE 100 (Reino Unido), +0,16%*Dax (Alemanha), +0,5%*CAC 40 (França), +0,16%*FTSE MIB (Itália), +0,37%Ásia*Nikkei (Japão), +0,27% (fechado)*Hang Seng Index (Hong Kong), -0,18% (fechado)*Kospi (Coreia do Sul), -0,01% (fechado)*Shanghai SE (China), -1,95% (fechado)Commodities e bitcoin*Petróleo WTI, +0,04%, a US$ 75,25 o barril*Petróleo Brent, -0,03%, a US$ 75,82 o barril*Bitcoin, -0,36%, a US$ 33.082,56Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com alta de 0,77%, cotados a 1182,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 182,46 (nas últimas 24 horas).USD/CNY = 6,48

 

palavras-chave: Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 2/7; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 2/7

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Tópicos mais acessados:

Índices futuros americanos e bolsas europeias têm leve alta à espera de relatório de emprego dos EUA

Guedes volta a defender novo imposto nos moldes da extinta CPMF

Guedes diz acreditar que Congresso pode aprovar reformas ainda neste ano

Fed começará a elevar juros no final de 2022 ou começo de 2023, prevê FMI

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.