Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 5/3

Bolsas mundiais caem seguindo fala do Fed na véspera; relatório de emprego nos EUA, produção industrial no Brasil e mais destaques
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdos sobre investimentos

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 5/3; invistaja.info;


BBDC3 | EV/EBITDA: 0.0 | P/VP: 1.32 | P/ACL: 0.0 | P/L: 11.45 | Mrg.Liq.: 0.0 | ROE: 0.1151

FLORIANÓPOLIS | invistaja.info — A sessão é novamente de perdas para os principais mercados mundiais, com uma nova alta do rendimento dos títulos do Tesouro dos EUA após as falas de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, na véspera. Nesta sessão, os investidores acompanham os dados de emprego do país, a serem revelados às 10h30.

No Brasil, após um descolamento das bolsas mundiais na véspera com a aprovação da PEC emergencial no Senado na véspera, os investidores ficam de olho nos dados de produção industrial e também na intensa temporada de resultados, com destaque para os dados de B3, Lojas Americanas, B2W, entre outras companhias. Confira os destaques:

1. Bolsas mundiais

As bolsas mundiais caem nesta sexta-feira (5), seguindo o movimento da véspera após fala do presidente do Fed, Jerome Powell não trazer tranquilidade quanto à tendência de alta de juros de títulos do Tesouro americano com vencimento em dez anos. Os juros voltaram a subir, pressionando as bolsas globais.

Os movimento desses papéis vem ganhando destaque no noticiário desde a semana passada, quando os juros dos títulos com vencimento em dez anos chegaram a 1,6%, antes de voltarem a cair.

Em sua fala na quinta em um webinário do jornal Wall Street Journal, Powell chegou a afirmar que o movimento no mercado de títulos chamou sua atenção e firmou que a reabertura econômica poderia “criar alguma pressão de alta dos preços”. Mas disse que, mesmo se a economia apresentar “alta transitória da inflação… eu espero que sejamos pacientes”.

Após seus comentários, os juros dos títulos do Tesouro americano com vencimento em dez anos voltaram a subir acima de 1,5%. Nesta sexta, estão em 1,54%.

A alta gerou uma reação negativa do mercado. Os índices Dow e S&P 500 tiveram quedas de mais de 1%. E o Nasdaq caiu 2,1%, levando suas perdas na semana a 3,6%.

O Nasdaq é especialmente marcado pelo movimento de ações de empresas de tecnologia, cujo crescimento rápido depende da tomada de empréstimos. Estes tendem a se encarecer com juros de títulos do Tesouro mais altos. Assim, ações do setor de tecnologia setor impulsionaram as perdas.

hotWords: sexta-feira assuntos mercado

Também há receio de que a alta de títulos do Tesouro leve investidores a encaminharem recursos das bolsas para o mercado de títulos, visto como mais seguro por ser garantido pelo governo americano. Estados têm o poder de aumentar impostos para arcar com gastos, caso necessário.

As bolsas asiáticas também fecharam em sua maioria em baixas na sexta. Os comentários de Powell afetaram especialmente ações do setor de tecnologia. Os papéis da Xiaomi caíram 3,74%.

As bolsas europeias também têm tendência de baixa nesta sexta. O índice Eurostoxx, que reúne papéis de 600 empresas de todos os principais setores de 17 países europeus, recua 0,84%.

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

A União Europeia planeja ampliar o seu controle sobre exportações de vacinas contra a covid, após bloquear um carregamento de imunizantes da farmacêutica AstraZeneca à Austrália. As informações são da agência internacional de notícias Reuters, a partir de duas fontes cujos nomes não foram identificados.

Além disso, o primeiro-ministro das Finanças da Alemanha, Olaf Scholtz, afirmou que a maior economia europeia precisará de um orçamento suplementar em 2021 para financiar custos adicionais devido à pandemia.

Veja os principais indicadores às 6h20 (horário de Brasília):*S&P 500 Futuro (EUA), -0,45%*Nasdaq Futuro (EUA), -0,5%*Dow Jones Futuro (EUA), -0,47%Europa*Dax (Alemanha), -1,6%*FTSE 100 (Reino Unido), -0,87%*CAC 40 (França), -1,08%*FTSE MIB (Itália), -0,39%Ásia*Nikkei (Japão), -0,23% (fechado)*Hang Seng Index (Hong Kong), -0,47% (fechado)*Kospi (Coreia do Sul), -0,57% (fechado)*Shanghai SE (China), -0,04% (fechado)Commodities e bitcoin*Petróleo WTI, +1,68%, a US$ 64,9 o barril*Petróleo Brent, +1,84%, a US$ 67,98 o barril*Bitcoin, -6,92%, a US$ 46.916,20Sobre o minério: **Contratos futuros do minério de ferro negociados na bolsa de Dalian com queda de 3,26%, cotados a 1127,5 iuanes, equivalente hoje a US$ 173,97 (nas últimas 24 horas).USD/CNY = 6,48

2. Agenda do dia

Às 9h são divulgados dados sobre produção industrial em janeiro no Brasil.

Às 10h30 são divulgados dados sobre média de ganhos por hora, variação na folha de pagamento, taxa de desemprego, horas médias semanais, taxa de participação na folha de trabalho e taxa de subdesemprego nos Estados Unidos em fevereiro. A projeção é de criação de 200 mil vagas e uma taxa de desemprego de 6,3%.

No mesmo horário, é divulgada a balança comercial relativa a janeiro nos Estados Unidos. Às 17h são divulgados dados sobre crédito ao consumidor em janeiro nos Estados Unidos.

4. Recorde de mortes e propagação de variante

Pelo sexto dia seguido, o país bateu seu recorde na média móvel de mortes em 7 dias, com a marca de 1.361, alta de 30% em comparação com a média de 14 dias atrás.

As informações são do consórcio de veículos de imprensa que sistematiza dados sobre Covid coletados por secretarias estaduais de Saúde no Brasil, que divulgou, às 20h de quinta, o avanço da pandemia em 24 h no país. Em apenas 24h, o Brasil registrou 1.786 mortes.

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, a média móvel de novos casos em sete dias foi de 57.517, alta de 27% em relação ao patamar de 14 dias antes. Apenas em um dia houve 74.285 diagnósticos.

Até quinta, 7.671.525 pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a covid no Brasil, o equivalente a 3,62% da população. A segunda dose foi aplicada em 2.463.894 pessoas, ou 1,16% da população. Analistas vêm apontando a velocidade da imunização como um dos fatores a influenciarem a retomada da economia.

Em nota, o Observatório Covid-19 da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) alertou que a análise de mil amostras de testes indica que a mutação E484K, uma das alterações da variante brasileira P.1 da Covid, está presente na maioria dos pacientes de seis dentre oito estados analisados.

Essa mesma mutação está presente na variante B.1.1.7, identificada inicialmente no Reino Unido, e na B.1.351, identificada na África do Sul. Há suspeita de que ela contribua para que o vírus se torne mais transmissível, e seja mais resistente a anticorpos gerados contra ele.

A análise foi realizada em Alagoas, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Apenas no Paraná e no Ceará, o índice de prevalência da mutação não superou 70% das amostras.

Segundo informações de bastidores publicadas pelo jornal Valor, a cúpula do Ministério da Saúde projeta mais de 3.000 mortes por dia nas próximas semanas com a circulação de novas variantes do coronavírus, o colapso do sistema hospitalar, a lentidão da vacinação e a baixa adesão da população às medidas de isolamento social no Brasil.

Na quinta, a cidade do Rio de Janeiro retomou restrições mais rígidas, fazendo com que bares e restaurantes passem a fechar às 17h. Academias e shoppings passarão a fechar às 20h.

Em carta enviada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na quinta, governadores de 14 estados pediram que o governo federal adote medidas e procure organismos internacionais para adquirir mais doses de vacinas. A Confederação Nacional dos Municípios também publicou uma nota pedindo urgência na vacinação.

Em Uberlândia (MG), o presidente afirmou: “Tem idiota que a gente vê nas redes sociais, na imprensa, [dizendo] ‘vai comprar vacina’. Só se for na casa da tua mãe. Não tem [vacina] para vender no mundo”. Mais tarde, em evento em São Simão (GO), afirmou: “Temos que enfrentar os nossos problemas. Chega de frescura, de mimimi. Vão ficar chorando até quando?”.O Ministério da Saúde, comandado pelo general Eduardo Pazuello, anunciou 38 milhões de doses de vacinas para este mês, 7,9 milhões a menos do que o previsto há 15 dias. O número inclui 8 milhões de doses do imunizante indiano Covaxin, que ainda não está sob análise da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

5. Radar corporativo

A temporada de resultados é o destaque do noticiário corporativo. Em destaque, a B3 (B3SA3) informou lucro líquido de R$ 4,2 bilhões em 2020. O valor representa crescimento de 52,98% na comparação com o lucro de R$ 2,7 bilhões de 2019.

A Lojas Americanas (LAME4) registrou lucro líquido de R$ 400,4 milhões no quarto trimestre de 2020, valor muito próximo aos R$ 398 milhões apurados no mesmo período de 2019. Já a B2W (BTOW3) registrou lucro líquido de R$ 15,6 milhões no quarto trimestre de 2020. No mesmo período do ano anterior, a companhia havia registrado prejuízo de R$ 22,3 milhões.

A rede de shopping centers Iguatemi (IGTA3), sócia de 16 empreendimentos, teve lucro líquido de R$ 82 milhões no quarto trimestre de 2020, queda de 26,7% em relação ao mesmo período de 2019. No acumulado do ano, o lucro líquido somou R$ 202,3 milhões, baixa de 35,6% em relação ao ano anterior.

A Natura &Co. (NTCO3), por sua vez, registrou lucro de R$ 175,7 milhões no quarto trimestre de 2020, revertendo o prejuízo de R$ 176,1 milhões observado no mesmo período do ano anterior. Este resultado não inclui o efeito de Alocação de Preço de Compra (PPA, na sigla em inglês), que envolve a aquisição da Avon. Considerando o PPA, houve lucro de R$ 22,3 milhões em 2019, o que fez o resultado do último trimestre de 2020 saltar 687,5%.

Já a CCR (CCRO3) reportou um lucro líquido acumulado de R$ 191 milhões em 2020, uma queda de 86,7% sobre o desempenho do ano anterior. O Ebitda ajustado da companhia somou R$ 4,71 bilhões no consolidado de 2020, queda de 18,6% sobre o resultado de 2019.

GLEBA PALHANO | mercados | invistaja.info – Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 5/3

REFLEXÃO: Harold Pollack, da Universidade de Chicago: Guarde entre 15 e 20% e invista em fundos de índices com taxa baixa.

Veja também:

Lojas Americanas tem lucro de R$ 400,4 milhões no 4º trimestre de 2020

Iguatemi tem lucro líquido de R$ 82 milhões no 4º trimestre de 2020, queda de 26,7%

Ação da Hering salta 8,6% após resultado com e-commerce e investimentos no radar, mas analistas preferem esperar para ver

Economia deve recuperar nível da última década somente em 2023, diz FecomercioSP

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *