PUBLICIDADE

Plano São Paulo deve revogar Fase Vermelha durante noites, finais de semana e feriados, anuncia governo paulista

A partir da próxima quarta-feira (3), bares, restaurantes e comércio não essencial deverão poder voltar a operar em noites, finais de semana e feriados
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Brasil | invistaja –

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira (1º), João Doria (PSDB), governador de São Paulo, afirmou que o governo irá suspender algumas medidas de restrições impostas pelo Plano São Paulo na próxima quarta-feira (3)

palavras-chave: Plano São Paulo deve revogar Fase Vermelha durante noites, finais de semana e feriados, anuncia governo paulista; invistaja.info;

Segundo o governador, a suspensão se dará pela melhora consistente de alguns indicadores da pandemia na maior parte das regiões. Mas é preciso que os números se mantenham até quarta-feira.

O Plano São Paulo é o programa de flexibilização de atividades imposto pelo governo do estado desde o início da pandemia. O plano está condicionado aos índices de novos casos, internações e óbitos por Covid-19 nas regiões do estado e permite a reabertura econômica das regiões de forma gradual. O Plano SP divide o estado em regiões, e cada uma delas é classificada em uma fase. São cinco delas, que vão do nível máximo de restrição de atividades não essenciais (Vermelha) a etapas identificadas como controle (Laranja), flexibilização (Amarela), abertura parcial (Verde) e normal controlado (Azul).

+Petroleiros apoiam protesto de caminhoneiros com ação contra preço de combustível

Patrícia Ellen, Secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, afirmou que as alterações da próxima quarta-feira no Plano SP irão suspender o funcionamento das regras complementares. Essas são as normativas responsáveis pelo endurecimento das restrições do Plano SP durante período noturno, feriados e finais de semana em todo estado.

A atual vigência do Plano SP determina que, independentemente da fase na qual a região se encontra, entra automaticamente na Fase Vermelha durante 20h e 6h na semana, finais de semana e feriados. Na Fase Vermelha, apenas serviços essenciais podem operar, como mercados, farmácias, padarias, postos de combustível, entre outros. Bares, restaurantes e o comércio não essencial devem ficar fechados.

A partir da próxima quarta-feira, esses estabelecimentos poderão voltar a operar em tais horários e dias.

Internações por Covid-19 em queda

Segundo Patrícia, as alterações só acontecerão caso os números referentes à pandemia de fato se sustentem até quarta-feira. “Redução de internações é o nosso principal indicador. As medidas estão dando resultado. Nós tínhamos nos comprometido a revisar as medidas complementares do Plano SP se a estabilidade se mantivesse. E vamos cumprir”, afirmou a secretária durante coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista.

“As medidas instituídas no Plano SP, com o apoio da população, permitiram que conseguíssemos controlar a evolução da pandemia no estado. Conseguimos regredir, pela segunda semana seguida, as taxas de internação. Isso, nitidamente, mostra a redução do vírus em cada uma das regiões do estado”, explicou Jean Gorinchteyn, Secretário Estadual da Saúde.

Segundo Gorinchteyn, dois dos principais e mais importantes indicadores da evolução da pandemia retraíram de forma geral no estado: as novas internações e a taxa de ocupação de leitos de UTI. Em relação à última semana epidemiológica, a queda nas internações foi de 8%. Já a ocupação da UTI chegou a patamares menores do que 70%, o que não era visto há algumas semanas.

Reclassificação do Plano São Paulo

Patrícia deu alguns detalhes regionais que podem adiantar a reclassificação de algumas regiões. A reclassificação geral do Plano SP está marcada para ocorrer na próxima sexta-feira (5) e, segundo o governador, pode ser “positiva”.

Segundo a secretária, 13 regiões do estado apresentaram “uma leve melhora” e três regiões “melhoraram muito”, citando a Grande São Paulo e a Baixada Santista. A fala indicaria uma possível mudança para uma fase menos restritiva. Entretanto, Patrícia chamou atenção para a atual situação da região de Bauru, atualmente na Fase Vermelha, que apresentou uma piora nos índices e está com uma ocupação de leitos de UTI em quase 90% – um dos maiores índices do estado.

Quer ser trader e tem medo de começar? O te ajuda a chegar lá:

BRASIL | economia | invistaja.info – Plano São Paulo deve revogar Fase Vermelha durante noites, finais de semana e feriados, anuncia governo paulista

palavras-chave: Plano São Paulo deve revogar Fase Vermelha durante noites, finais de semana e feriados, anuncia governo paulista; invistaja.info;

Veja também:

O que esperar da temporada de resultados do 4º trimestre do difícil ano de 2020? Confira as ações para ficar de olho

Butantan planeja entregar mais 17,3 milhões de doses da CoronaVac até final de março, anuncia governo de SP

Petroleiros apoiam protesto de caminhoneiros com ação contra preço de combustível

Exército do Reddit não estimulará uma grande queda, diz JPMorgan

PUBLICIDADE

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

PUBLICIDADE