Preços do petróleo caem 6% em meio a novas restrições e vacinação lenta na Europa

Ambas as referências operaram ao redor dos menores níveis desde 9 de fevereiro
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação de quem vive o mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Preços do petróleo caem 6% em meio a novas restrições e vacinação lenta na Europa; invistaja.info;


GGBR3 | P/Cap.Giro: 3.26 | EV/EBITDA: 7.12 | Mrg.Ebit: 0.1004 | Div.Brut/Pat.: 0.57 | EV/EBIT: 11.08 | P/L: 16.44

NOVA YORK (MarketMsg) – Os preços do petróleo despencaram cerca de 6% nesta terça-feira, afetados por temores com as novas restrições relacionadas à pandemia na Europa e com o lento processo de vacinação contra Covid-19 no continente.

Os contratos futuros do petróleo Brent fecharam em queda de 3,83 dólares, ou 5,9%, a 60,79 dólares por barril, depois de atingirem uma mínima de 60,50 dólares durante a sessão.

Já o petróleo dos Estados Unidos (WTI) recuou US$ 3,80, ou 6,17%, para US$ 57,76 o barril, tendo atingido uma mínima de 57,32 dólares.

Ambas as referências operaram ao redor dos menores níveis desde 9 de fevereiro.

O spread do primeiro contrato do Brent entrou em “contango” pela primeira vez desde janeiro. O “contango” ocorre quando os primeiros contratos são mais baratos do que os para meses futuros, podendo encorajar operadores a estocar petróleo.

“O caminho para a recuperação da demanda por petróleo parece estar cheio de obstáculos, à medida que o mundo segue lutando contra a pandemia de Covid-19”, disse Bjornar Tonhaugen, head de mercados de petróleo da Rystad Energy.

hotWords: meio restrições lenta novas vacinação

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

“Os preços do petróleo voltaram a cair nesta terça, provando que a correção da semana passada não foi profunda o suficiente e que o mercado tem negociado com um sentimento excessivamente altista nos últimos tempos, ignorando os riscos da pandemia”, acrescentou.

Especialistas também mencionam que várias nações europeias enfrentam uma terceira onda de casos de covid-19. Na Alemanha, o governo decidiu estender o lockdown até 18 de abril, enquanto a França informou na segunda-feira que 4,5 mil pessoas estão em unidades de terapia intensiva, o maior número desde novembro de 2020. Já Portugal revelou que deve continuar em estado de emergência até, pelo menos, maio. Na Holanda, o primeiro-ministro, Mark Rutte, afirmou que o toque de recolher noturno no país deve durar ao menos até 20 de abril.

O analista do Commerzbank Carsten Fritsch destaca que no mercado à vista, o barril de Brent é negociado “com um desconto favorável”. “Isso indica bastante oferta de petróleo”, explica.

(com Estadão Conteúdo e Reuters)

Participe do Treinamento gratuito Scalper Pro e entenda como extrair lucro e controlar riscos na Bolsa em operações que duram minutos ou segundos! Inscreva-se aqui.

palavras-chave: Preços do petróleo caem 6% em meio a novas restrições e vacinação lenta na Europa; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Preços do petróleo caem 6% em meio a novas restrições e vacinação lenta na Europa

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Notícias relacionadas:

PIB da Argentina sobe 4,5% no 4º tri ante 3º tri, mas cai 9,9% em 2020

Oi aumenta incentivo financeiro a detentores de títulos em dólar para novos empréstimos

Secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen sugere alta de imposto de empresas para 28%

Ibovespa fecha em queda de 1,5% com novas restrições globais por conta da pandemia e falas de Powell e Yellen

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.