Primeiro trimestre tem maior número de fusões e aquisições em 20 anos, diz KPMG

Pesquisa é realizada pela consultoria, trimestralmente, com empresas de 43 setores da economia nacional
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Primeiro trimestre tem maior número de fusões e aquisições em 20 anos, diz KPMG; invistaja.info;


SANB4 | EV/EBITDA: 0.0 | P/VP: 2.25 | P/Cap.Giro: 0.0 | Div.Brut/Pat.: 0.0 | Mrg.Liq.: 0.0 | Cresc.5anos: -0.0006

No primeiro trimestre de 2021, foram registradas 375 fusões e aquisições, sendo a maioria delas, 244, entre empresas brasileiras, aponta a KPMG.

O número de negócios contabilizado no período é o maior em 20 anos, segundo a pesquisa realizada pela consultoria, trimestralmente, com empresas de 43 setores da economia nacional. Empresas de internet e telecomunicações lideram o ranking, somando 77 operações nos três primeiros meses deste ano.

Na segunda colocação, com 48 operações no período, está setor de tecnologia da informação, seguido por educação, instituições financeiras e imobiliário, sendo cada um com 11. Depois, aparecem telecomunicação e mídia com 10, companhias de serviço com nove, varejo com oito e companhias de energia com sete.

+Peugeot pagará 10 milhões de euros por possível fraude em emissões de diesel

“Se somarmos as transações realizadas pelas companhias de internet e tecnologia da informação, o total é de 125 negócios fechados, o que representa quase metade do total das operações domésticas. É a primeira vez que isso ocorre na pesquisa, o que indica que o panorama das transações modificou. Com a pandemia, muitas empresas decidiram investir em transformação digital. Com isso, a representatividade das empresas desses setores passou a ganhar mais relevância no número de transação”, analisa o sócio da KPMG e coordenador da pesquisa, Luis Motta.

hotWords: fusões maior trimestre número aquisições

Seja anunciante no invistaja.info

Do total de operações concretizadas no primeiro trimestre de 2021, 116 foram do tipo CB1, ou seja, 31% representam transações de estrangeiros comprando empresas brasileiras.

Outras 13 operações foram do tipo CB2, quando brasileiros adquirem de estrangeiros empresa estabelecida no exterior; uma foi do tipo CB3, na qual brasileiros adquiriram, de estrangeiros, empresa estabelecida no Brasil; e uma foi CB4, em que o estrangeiro adquire, de estrangeiros, empresa estabelecida no País.

“Os brasileiros fazendo aquisições no Brasil têm sido o motor das transações este ano. Além disso, está acontecendo um movimento de retomada da presença de estrangeiros no País que tinha sido perdida no ano passado quando a pandemia teve início. Dessa forma, alguns planos de internacionalização foram colocados de lado até que se tivesse um cenário mais previsível. No entanto, com a expectativa de vacina, as empresas se adaptaram a uma nova realidade e voltaram com os planos de negócios”, explica Motta.

Em curso gratuito de Opções, professor Su Chong Wei ensina método para ter ganhos recorrentes na bolsa. Inscreva-se já.

palavras-chave: Primeiro trimestre tem maior número de fusões e aquisições em 20 anos, diz KPMG; invistaja.info;

BRASIL | negocios | invistaja.info – Primeiro trimestre tem maior número de fusões e aquisições em 20 anos, diz KPMG

REFLEXÃO: Morgan Housel: Se preocupe somente quando você achar que tiver tudo resolvido.

Tópicos mais acessados:

Ministério da Saúde autoriza mais leitos de suporte pulmonar para os estados

Caixa Seguridade: cinco grandes bancos recomendam compra para ação e veem potencial de alta de até 79%

Concessão de benefícios do INSS fica mais rápida a partir desta quinta

Caixa Seguridade: quatro grandes bancos recomendam compra para ação e veem potencial de alta de até 79%

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.