Secretário de Guedes diz que “não faz sentido” falar em prorrogação de auxílio

“O auxílio emergencial não é uma escolha política, é uma necessidade que vem de crédito extraordinário para uma imprevisibilidade”, disse
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de investidor para investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Secretário de Guedes diz que “não faz sentido” falar em prorrogação de auxílio; invistaja.info;


RNEW3 | DY: 0.0 | ROE: -0.0506 | EV/EBITDA: -29.29 | Mrg.Liq.: 0.4491 | P/Cap.Giro: 0.92 | P/ACL: -0.19

ListenToMarket: Secretário de Guedes diz que “não faz sentido” falar em prorrogação de auxílio – Áudio gerado às: 8:0:33

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

Sem conseguir reajustar o Bolsa Família como deseja o presidente da República, Jair Bolsonaro, a equipe econômica tenta conter o movimento pela prorrogação do auxílio emergencial. O secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Bruno Funchal, disse que, com a queda da curva de contágios e mortes por covid-19 e a economia voltando, não faz sentido falar em novas prorrogações do benefício.

“O auxílio emergencial não é uma escolha política, é uma necessidade que vem de crédito extraordinário para uma imprevisibilidade”, alegou Funchal.

Na Proposta de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2022, enviada ao Congresso Nacional, a Economia destinou R$ 34,7 bilhões ao programa social, montante que manterá o mesmo valor do Bolsa Família pago este ano para as mesmas 14,7 milhões de famílias.

+Ações de Vale e siderúrgicas caem com minério e dados da China; Petrobras tem baixa de 3% e bancos amenizam alta

Nesta terça-feira (31), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), admitiu a possibilidade de prorrogar o auxílio emergencial diante do impasse para aumentar o Bolsa Família e a necessidade de respeitar o teto de gastos e o pagamento de precatórios em 2022.

Como mostrou o Estadão/Broadcast, Bolsonaro foi aconselhado a prorrogar mais uma vez o auxílio emergencial em novembro por crédito extraordinário, fora do teto. Dentro da ala política, há quem deseje a manutenção do benefício, cujo alcance é maior: 39 milhões de famílias. A equipe econômica, porém, não vê sustentação técnica para a decisão.

“O Congresso Nacional tem uma premissa, a premissa de que é preciso socorrer as pessoas que estão em situação de vulnerabilidade no Brasil, com o Bolsa Família, ou um programa análogo, como se queira chamar o programa, com a prorrogação de auxílio emergencial. O fato é que essas pessoas precisam ser socorridas com recursos que tenham valor e poder de compra maior do que é hoje”, disse Pacheco em coletiva de imprensa no Senado.

hotWords: falar sentido” secretário prorrogação

Publique seu negócio no invistaja.info

Pacheco se reuniu na terça-feira, 31, com o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), e com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, para discutir o pagamento de precatórios (dívidas judiciais) em 2022.

As autoridades avaliam se é necessário provocar o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) a oferecer uma solução para o pagamento das despesas, corrigindo os valores pelo teto de gastos, o que abriria caminho para o novo programa social.

Funchal voltou a dizer que, caso a reforma do Imposto de Renda não avance, o “plano B” do governo para financiar o aumento do Bolsa Família – a ser rebatizado de Auxílio Brasil – é a redução de gastos tributários.

Até o dia 15 de setembro, o governo tem que enviar ao Congresso Nacional um plano de redução desses gastos tributários e a “economia” poderá ser utilizada para compensar o aumento do Auxílio Brasil.

Inicialmente, o governo desejava financiar a ampliação do programa com a cobrança do tributo sobre dividendos, prevista na reforma, que encontra resistências no Congresso Nacional.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

palavras-chave: Secretário de Guedes diz que “não faz sentido” falar em prorrogação de auxílio; invistaja.info;

CALIFORNIA | economia | invistaja.info – Secretário de Guedes diz que “não faz sentido” falar em prorrogação de auxílio

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Tópicos mais acessados:

PIB do Brasil, conta de luz mais cara, reunião da Opep+, PMIs e mais assuntos que vão movimentar o mercado hoje

Covid-19: Rio muda calendário de vacinação por falta de imunizante

Biden elogia missão de retirada do Afeganistão e agradece militares

Auxílio emergencial: trabalhadores nascidos em janeiro podem sacar 5ª parcela

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade