Vacinação na China poderia elevar expansão do PIB para 9,3% em 2021

Economistas projetam que o PIB da China cresça 8,5% neste ano, com base na previsão mediana em pesquisa da Bloomberg
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para quem vive o mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Vacinação na China poderia elevar expansão do PIB para 9,3% em 2021; invistaja.info;


VIVT3 | Cotacao: 45.52 | ROIC: 0.0626 | P/EBIT: 12.75 | EV/EBITDA: 4.89 | Cresc.5anos: 0.0053 | P/L: 16.14

(invistaja.info) — O ambicioso plano da China de vacinar 40% da população até o fim de junho pode permitir elevar a taxa de crescimento da economia para 9,3% neste ano, segundo previsão da Oxford Economics.

A confiança das empresas e os gastos dos consumidores tendem a melhorar caso a China alcance a meta de vacinação que, segundo a Oxford Economics, exigirá a imunização de 10 milhões de pessoas por dia, o dobro do ritmo atual. Se o governo de Pequim também conseguir manter esse ritmo no trimestre até setembro, isso pode se traduzir em alguma forma de imunidade coletiva, com 60% a 70% da população vacinada.

O resultado seria um ganho de 0,4 ponto percentual à taxa de crescimento do PIB segundo o cenário básico de 8,9% da Oxford Economics, que leva em conta entre cinco e seis milhões de doses administradas por dia, de acordo com relatório divulgado na terça-feira.

+Bolsas europeias e asiáticas sobem; índices futuros dos EUA operam sem direção definida com “caso Archego” ainda no radar

Neste ano, o consumo das famílias pode aumentar 7% em relação ao nível pré-Covid em 2019. A exportação de serviços de turismo deve subir para cerca de 50% do nível de 2019 no segundo semestre, e as importações no mesmo segmento devem se recuperar para em torno de 70%. O investimento em ativos fixos também tende a melhorar, segundo a instituição de pesquisa.

A campanha de vacinação na China tem sido mais lenta do que a dos Estados Unidos e países europeus, pois apenas 107 milhões de residentes, ou 3,8% da população chinesa, receberam vacinas. Como o governo chinês conseguiu bons resultados no controle do coronavírus, vinha adotando uma postura cautelosa quanto a pressionar pela vacinação.

hotWords: expansão elevar vacinação 2021 poderia

Publique seu negócio no invistaja.info

Em um cenário pior do que o esperado, onde apenas 40% da população será vacinada até o fim do ano, o crescimento econômico pode ficar 0,2 ponto percentual abaixo do cenário básico, em 8,7%, disse o relatório.

“Embora o cenário econômico da China dependa menos da velocidade da distribuição de vacinas do que outros países, isso é importante para um retorno ‘total’ à normalidade no lado doméstico e para reduzir a diferença em imunidade com outros países, o que permitirá à China abrir as fronteiras com segurança”, escreveu no relatório Tommy Wu, economista-chefe da Oxford Economics.

Economistas projetam que o PIB da China cresça 8,5% neste ano, com base na previsão mediana em pesquisa da Bloomberg.

Quer descobrir como é possível multiplicar seu capital no mercado de Opções? O analista Fernando Góes te mostra como na Semana 3×1, evento online e 100% gratuito. Clique aqui para assistir.

palavras-chave: Vacinação na China poderia elevar expansão do PIB para 9,3% em 2021; invistaja.info;

GLEBA PALHANO | economia | invistaja.info – Vacinação na China poderia elevar expansão do PIB para 9,3% em 2021

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Leia também:

Como usar os ciclos econômicos para ganhar dinheiro com ações, segundo a Moat

Vacinação na China poderia elevar expansão do PIB para 9,3%

Na mira do TCU, Orçamento deve retirar “pedaladas” para evitar crime

Ibovespa Futuro opera em queda com investidores de olho em dados externos e reforma ministerial

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade