Publicidade

Varejo, saúde e shoppings operam entre maiores altas da bolsa, com queda dos juros futuros

Mercados repercutem inflação dentro do esperado nos EUA e criam contexto favorável para ações que vinham em baixa nos últimos tempos
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias do mercado financeiro

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Varejo, saúde e shoppings operam entre maiores altas da bolsa, com queda dos juros futuros; invistaja.info;


TASA4 | ROE: 1.1757 | P/Ativo: 1.339 | Mrg.Ebit: 0.3016 | Div.Brut/Pat.: 0.86 | Liq.Corr.: 2.03 | Cresc.5anos: 0.3241

ListenToMarket: Varejo, saúde e shoppings operam entre maiores altas da bolsa, com queda dos juros futuros – Áudio gerado às: 13:50:39

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O Ibovespa aponta para um segundo dia consecutivo de alta e desta vez o índice está sendo puxado por ações que vinham operando em forte baixa nos últimos dias. Às 13h30 (horário de Brasília), as companhias dos setores de varejo, saúde e shopping centers se destacavam entre as altas.

Analistas explicam que a recuperação do varejo nesta quarta-feira (12) está relacionada ao indicador de inflação ao consumidor (CPI) nos Estados Unidos, semelhante ao nosso IPCA. O índice subiu 7%, na comparação anual, registrando sua maior alta desde 1982.

“O número veio em linha com o esperado, e só pelo fato de não ter vindo pior, começou a puxar as Bolsas lá fora, o que se refletiu por aqui também”, explica Anderson Meneses, CEO da Alkin Research. “O dado também contribuiu para que a gente não tenha inflação tão alta de importados”, complementa.

+Quatro altas de juros pelo Fed pode ser apenas o começo

O CPI conforme o esperado indica que o Banco Central dos Estados Unidos deve manter o cronograma sinalizado até agora para retirada de estímulos, como o encerramento de compra de títulos públicos e, principalmente, a alta de juros.

Portanto, após a divulgação do CPI, a Bolsa brasileira encontra impulso para subir numa perspectiva de inflação menor e, portanto, de aperto monetário menos rigoroso.

Assim, os contratos de juros futuros operavam em queda: DIF23, -0,14 p.p., a 11,89%; DIF25, -0,26 p.p., a 11,26%; DIF27, -0,25 p.p., a 11,20%; DIF29, -0,23 p.p., a 11,29%.

Expectativa de juros menores no futuro, ajudam empresas de consumo, mais sensíveis a taxas mais elevadas.

Adicionalmente, pela manhã, a Multiplan (MULT3) divulgou sua prévia operacional, com vendas que ultrapassaram pela primeira vez o nível verificado em 2019 – período pré-pandemia no país.

hotWords: shoppings saúde altas maiores varejo, bolsa,

Publique seu negócio no invistaja.info

Para o Credit Suisse, em relatório, a empresa apresentou uma melhora em todas as métricas operacionais, com vendas e aluguéis superando os níveis de 2019.

“Em uma base relativa, o portfólio de alta qualidade da Multiplan deve continuar a resultar em resultados mais fortes do que os pares”, acrescentou.

Leia mais: Como ficam os shoppings com o aumento de casos de Covid e Influenza?

Ações em alta

Assim, destacavam-se entre as maiores altas no setor de varejo Lojas Renner (LREN3), que subia 6,32%, Grupo Soma (SOMA3) e Magazine Luiza (MGLU3), com altas acima de 4%.

Entre os shoppings, as ações de Iguatemi (IGTI11) avançavam 6,45, Multiplan subiam 5,9% e BrMall (BRML3) registrava alta de 5,3%.

Por sua vez, Hapvida (HAPV3) e Notredame (GNDI3) avançavam, respectivamente, 6,2% e 5,4%.

Oportunidade de compra? Estrategista da XP revela 6 ações baratas para comprar hoje. Assista aqui!

palavras-chave: Varejo, saúde e shoppings operam entre maiores altas da bolsa, com queda dos juros futuros; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Varejo, saúde e shoppings operam entre maiores altas da bolsa, com queda dos juros futuros

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Leia também:

Novos documentos jogam luz sobre a política de criptomoedas da era Trump

Se pudesse, ficaria livre da Petrobras (PETR4), diz Bolsonaro

Morgan Stanley vê margens de CSN (CSNA3), Usiminas (USIM5) e Gerdau (GGBR4) em baixa no quarto trimestre

Bolsonaro diz que imunidade de rebanho está salvando Brasil da Covid; declaração não tem respaldo científico

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade