Bolsonaro assina nova edição do programa para redução de jornadas e salários

Nova MP foi sancionada nesta terça-feira. Detalhes devem ser publicados na quarta-feira, no Diário Oficial da União
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como um profissional

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Bolsonaro assina nova edição do programa para redução de jornadas e salários; invistaja.info;


ENGI4 | Cresc.5anos: 0.1577 | Liq.Corr.: 1.1 | P/EBIT: 4.47 | P/Cap.Giro: 10.66 | Mrg.Ebit: 0.1399 | PSR: 0.626

ListenToMarket: Bolsonaro assina nova edição do programa para redução de jornadas e salários – Áudio gerado às: 19:0:53

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

BRASIL | invistaja.info — O presidente Jair Bolsonaro assinou nesta terça-feira (27) medidas provisórias, ou MPs, que incluem a volta do Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e Renda (BEm).

A iniciativa permite a redução de jornadas e salários, incluindo também a suspensão temporária do contrato de trabalho. O programa foi criado para enfrentar demissões decorrentes da pandemia de Covid-19 – e reeditado pela mesma razão.

O programa custou R$ 33,5 bilhões aos cofres públicos em 2020. Para 2021, o governo estima que a nova rodada deva custar cerca de R$ 10 bilhões. “O programa valerá por mais quatro meses, atendendo de 4 a 5 milhões de trabalhadores”, projetou Murilo Viana, consultor econômico e especialista em finanças públicas, ao (MarketMsg).

+Vale mantém meta de produção de minério de ferro para 2021 em 315-335 mi t

Mais explicações sobre a nova edição do BEm devem ser publicadas na quarta-feira (28), no Diário Oficial da União. O programa deve valer a partir dessa publicação, e receber o aval do Congresso em até 120 dias.

Histórico do BEm

A primeira versão da MP n° 936/20, que regulamentou o BEm, foi publicada em 1° de abril de 2020. O programa foi prorrogado duas vezes ao longo de 2020, estendendo-se até dezembro do último ano.

hotWords: salários nova bolsonaro para programa

Anuncie no invistaja.info

Em 2020, o BEm se dividiu em dois pontos principais. Primeiro, permitiu às empresas cortar 25%, 50% ou 70% do salário e da jornada dos funcionários, preservando o salário-hora. Segundo, permitiu a suspensão temporária do trabalho.

Nos dois casos, o governo complementa a remuneração com base no seguro-desemprego. Em 2020, o BEm foi pago por meio do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e o valor variou de R$ 261,25 até R$ 1.813,03 ao longo do ano. Relembre os detalhes da medida.

De acordo com nota do Ministério da Economia, o benefício emergencial preservou o emprego e a renda de 10,2 milhões de trabalhadores, bem como a existência de 1,5 milhão de empresas.

palavras-chave: Bolsonaro assina nova edição do programa para redução de jornadas e salários; invistaja.info;

FARIA LIMA | economia | invistaja.info – Bolsonaro assina nova edição do programa para redução de jornadas e salários

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Tópicos mais acessados:

Microsoft tem lucro acima da expectativa, mas ações caem no after-market de NY

Guedes diz que China inventou coronavírus, mas tem vacina menos eficaz que EUA

Alphabet: dona do Google tem receita de US$ 55,3 bilhões no primeiro trimestre de 2021

Ibovespa fecha em queda de 1% com política e volta aos 119 mil pontos; dólar sobe a R$ 5,46

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *