PUBLICIDADE

Com pandemia, turismo deixou de faturar R$ 274 bi em 11 meses

Incluindo janeiro de 2021 na conta, perdas somam R$ 274 bilhões contabilizando o período de março de 2020 em diante
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

invistaja.info | Informação para quem vive o mercado

A crise causada pela pandemia de Covid-19 fez o setor do turismo deixar de faturar R$ 261 bilhões em 2020, conforme cálculos da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Incluindo janeiro na conta, as perdas somam R$ 274 bilhões em 11 meses, contabilizando o período de março de 2020 em diante.

palavras-chave: Com pandemia, turismo deixou de faturar R$ 274 bi em 11 meses; invistaja.info;

Em meio a crise, o setor fechou 397,1 mil postos formais de emprego ano passado, ainda segundo o estudo da CNC.

Os cálculos têm como base a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), cujos dados de dezembro foram divulgados nesta quinta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e informações sobre o fluxo de passageiros e aeronaves nos 16 principais aeroportos do País. O índice de atividades turísticas, da PMS, registrou tombo de 36,7% em 2020 ante 2019.

+Governo estuda auxílio emergencial por 3 ou 4 meses a partir de março, diz Bolsonaro

O pior mês da pandemia para o turismo foi maio do ano passado, quando o setor deixou de faturar R$ 37,47 bilhões, segundo a CNC. No acumulado até janeiro deste ano, a maior parte do faturamento perdido ficou com os Estados de São Paulo (R$ 99,18 bilhões) e Rio (R$ 42,04 bilhões).

No caso dos impactos no mercado de trabalho, as contas da CNC foram feitas com base no Caged, o cadastro de demissões e admissões de empregados formais do Ministério da Economia. As atividades que mais fecharam vagas foram bares e restaurantes (-211,1 mil), transporte rodoviário (-90,7 mil) e hotéis e similares (-56,5 mil).

“O turismo tem sido o conjunto de atividades econômicas mais atingido pela pandemia. Ao contrário do comércio e da indústria que já acusam níveis de atividade já acima daquele observado antes no início de 2020, o setor amarga perda de quase 30% em relação à geração média do volume de receitas do primeiro bimestre do ano passado”, diz o relatório do estudo da CNC, elaborado pelo economista Fábio Bentes.

Com base nos cálculos, a entidade estima que o setor do turismo terá mais uma perda no faturamento real, de 9,7%, em 2021. Com isso, a perspectiva é voltar ao nível anterior à pandemia apenas no segundo trimestre de 2023.

Já pensou em ser um broker? mostra como entrar para uma das profissões mais bem remuneradas do mercado. Deixe seu e-mail abaixo para assistir.

BRASIL | economia | invistaja.info – Com pandemia, turismo deixou de faturar R$ 274 bi em 11 meses

palavras-chave: Com pandemia, turismo deixou de faturar R$ 274 bi em 11 meses; invistaja.info;

Veja também:

Quem vai construir o carro da Apple? Aqui estão os candidatos

Covid-19: Pazuello diz que intenção é imunizar 100% da população vacinável em 2021

Copom discutiu elevação de juros para março, e não janeiro, indica Campos Neto

Suzano e Klabin: qual companhia teve o melhor resultado no 4º trimestre – e o que esperar para o setor

PUBLICIDADE

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

PUBLICIDADE