Dados de produção decepcionantes podem derrubar otimismo com a ação da Vale? Analistas acreditam que não

Expectativa para a companhia ainda é bastante positiva mesmo com números abaixo do esperado; analistas veem companhia cumprindo meta de produção do ano
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Investindo como um profissional

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Dados de produção decepcionantes podem derrubar otimismo com a ação da Vale? Analistas acreditam que não; invistaja.info;


ALUP4 | PSR: 1.218 | P/EBIT: 2.25 | Mrg.Ebit: 0.5407 | P/VP: 1.3 | ROE: 0.1638 | EV/EBIT: 4.34

ListenToMarket: Dados de produção decepcionantes podem derrubar otimismo com a ação da Vale? Analistas acreditam que não – Áudio gerado às: 15:14:59

VELOCIDADE: 1.0x| 1.95x|2.3x

PORTO ALEGRE | invistaja.info — Os dados de produção da Vale ([ativo=VALE]) do primeiro trimestre ficaram abaixo do esperado pelos analistas de mercado, ainda que registrando ganhos na base anual.

A companhia informou que produziu 68 milhões de toneladas de minério de ferro no primeiro trimestre, alta de 14,2% ante o mesmo período do ano anterior, avançando em seu plano de estabilização e retomada operacional. As vendas do minério de ferro, por sua vez, somaram 59,3 milhões de toneladas no primeiro trimestre, alta de 14,8% ante os três primeiros meses de 2020.

+Petrobras e petroleiros chegam a acordo e greve na Repar é suspensa

Porém, na base de comparação com o quarto trimestre de 2020, houve uma queda na produção de minério de 19% e também menos do que o esperado, enquanto as vendas de minério e de pelotas caíram 28% na base trimestral, também abaixo das expectativas dos analistas.

Segundo Yuri Pereira e Thales Carmo, analistas de mineração da XP, os números mais fracos do que o esperado são explicados por três fatores: (1) impactos sazonais mais fortes do que o esperado, (2) impactos negativos das manutenções programadas no S11D – ou projeto ferro Carajás e (3) o desempenho mais fraco em Itabira, após restrição de disposição de rejeitos no complexo.

Os analistas ainda destacam que as vendas ficaram 3,6% abaixo da produção no período. Porém, apontam, como a Vale conseguiu normalizar seus estoques operacionais nos últimos períodos, a produção e as vendas devem ser semelhantes em 2021. Na opinião deles, as vendas mais baixas também podem ser explicadas por uma menor disponibilidade de minério de alta qualidade de Itabira e Brucutu. No entanto, a Vale espera aumentar a produção em 2021 a partir da maior disponibilidade de pelotas em Timbopeba e Vargem Grande.

O relatório de produção trimestral da Vale, assim como o da Rio Tinto, foi apontado como um dos motivos para a alta do minério de ferro na sessão desta terça-feira na China, mostrando também as dificuldades das gigantes do setor atenderem à demanda chinesa.

Na segunda-feira, o preço de referência do minério de ferro chegou a superar US$ 180 a tonelada – a maior cotação desde maio de 2011 -, após a notícia de que a produção de aço bruto da China aumentou 19% no mês passado na comparação anual, quase para nível recorde. A maior produção chinesa de aço coincide com medidas do governo para reduzir a poluição, o tem impulsionado os preços e elevado as margens de lucro das usinas (veja mais clicando aqui).

De acordo com a XP, uma potencial reação negativa do mercado – no início da tarde, mais precisamente às 13h (horário de Brasília), os papéis VALE3 caíam 1,80%, a R$ 105,79 – poderia ser parcialmente compensada pela alta do minério em meio à percepção de oferta mais restrita.

O Morgan Stanley destacou que pode revisar para baixo a sua estimativa para o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações (Ebitda) do primeiro trimestre de 2021, atualmente de US$ 8,46 bilhões, devido aos menores embarques de commodities, mas parcialmente compensados ​​por prêmios mais elevados de minério de ferro (US$ 6,90 a tonelada versus US$ 4,60 a tonelada esperado pelos analistas).  Contudo, o banco mantém avaliação overweight (exposição acima da média do mercado) e preço-alvo de US$ 21 para o ADR (American Depositary Receipts, ou ações negociadas pela companhia na Bolsa de Nova York) da mineradora.

Para o Credit Suisse, a Vale reportou números de vendas e de produção 5% abaixo das estimativas dos analistas, que podem ser consideradas uma decepção no primeiro trimestre. Contudo, ainda deixam espaço para que o guidance de produção da companhia, entre 315 milhões e 335 milhões de toneladas de minério de ferro em 2021, seja cumprido.

Os analistas do banco acreditam que a produção e vendas devem começar a acelerar pós-temporada de chuvas e também com a volta de algumas minas como Fábrica, Brucutu e Vargem Grande.

“O papel subiu bastante [superando os R$ 100] recentemente e, apesar de entendermos que pode haver algum movimento de realização, lembramos que o mercado de minério ainda continua bastante apertado”, avaliam os analistas.

hotWords: otimismo acreditam vale? produção decepcionantes dados

Seja anunciante no invistaja.info

O Credit avalia que esses níveis devem preservar a tese da Vale de geração de caixa intacta com 19% de FCF Yield médio (geração de caixa em relação ao valor de mercado) para o ano, assumindo um preço médio de US$ 150 a tonelada em 2021 e uma distribuição de dividendo de 9%. Os analistas atribuem uma alta probabilidade de pagamento de dividendos que devem ser somados ao programa de recompra, provavelmente proporcionando uma reclassificação dos múltiplos do papel, ainda descontado em relação aos seus pares australianos.

O Bradesco BBI destacou que os números ficaram em linha com suas estimativas e em um ritmo bom no sentido de atingir o guidance da mineradora. O banco prevê produção de 320 milhões de toneladas em 2020 e exportação de 315 milhões de toneladas em 2021. O BBI mantém recomendação outperform para a Vale, com preço-alvo de US$ 25 para o ADR, frente a US$ 19,43 de fechamento na segunda pelos papéis na Bolsa de Nova York.

Para o Itaú BBA, apesar da produção também abaixo de sua estimativa em 4%, o banco continua confortável com a projeção para o Ebitda da mineradora no primeiro trimestre, de US$ 8,3 bilhões. O BBA mantém recomendação outperform e preço-alvo de US$ 20.

Saída de Moatize: maior foco em ESG

Cabe destacar que, ainda no noticiário da companhia, ela anunciou a assinatura de um contrato definitivo com a Mitsui para a aquisição da totalidade das participações da Mitsui na mina de carvão de Moatize e em Nacala (CLN).

Conforme anunciado em acordo preliminar, a Vale irá adquirir a participação de ambas as companhias por US$ 1 cada e consolidará todos os ativos e passivos relacionados às entidades CLN, incluindo o saldo em aberto de US$ 2,5 bilhões de Nacala. A consolidação deve gerar um impacto de US$ 300 milhões por ano nas despesas operacionais relativas à tarifa CLN. No futuro, a nova estrutura do Project Finance levará a uma economia potencial de aproximadamente US$25 milhões por ano.

A produção de carvão no primeiro trimestre caiu 44,5% no ano e 11,4% no trimestre para 1,09 milhões de toneladas por conta da desaceleração da demanda durante a pandemia, além da parada de manutenção de suas plantas de processamento em Moatize.

Com a transação, a Vale terá 95% da mina de carvão e 100% do projeto de Nacala com a saída da Mitsui e, em seguida, iniciará a venda de sua participação para outros investidores.

“A assinatura do contrato com a Mitsui representa a etapa inicial para o desinvestimento do negócio de carvão e está em linha com a estratégia de disciplina na alocação de capital e a simplificação do portfólio da Vale”, afirmam os analistas da XP, que possuem recomendação de compra para a mineradora, com preço-alvo de R$ 122 por ação VALE3.

A conclusão da saída da Mitsui é esperada para antes do final de 2021. Para o BBI, o anúncio é um passo à frente na saída da Vale do segmento de carvão, e em linha com sua estratégia de focar em sua agenda ESG (de melhores práticas de meio ambiente, sustentabilidade e governança corporativa). Dentre outras medidas, por exemplo, estão os investimentos de pelo menos US$ 2 bilhões para reduzir em 33% as emissões de carbono da empresa até 2030 e em 15% as emissões da sua cadeia de fornecedores até 2035.

Neste cenário, conforme destaca a Levante Ideias de Investimentos, a combinação do crescimento no volume de vendas, continuidade no consumo de minério de ferro pela China dá mais uma evidência de uma geração de caixa espetacular para 2021.

Desta forma, os analistas seguem otimistas com a ação da Vale, que já subiu mais de 30% somente em 2021. De acordo com compilação feita pela Refinitiv com casas que cobrem o ativo VALE3, oito delas possuem recomendação equivalente à compra, enquanto só duas possuem recomendação neutra. Para o ADR negociado na NYSE, dezenove casas possuem recomendação equivalente à compra, duas de manutenção e só uma de venda. O próximo grande evento a ser acompanhado de perto pelos investidores é a divulgação dos resultados do primeiro trimestre, no próximo dia 26, após o fechamento do mercado.

Aprenda como ganhar dinheiro prevendo os movimentos dos grandes players. Na série gratuita Follow the Money, Wilson Neto, analista de investimentos da Clear, explica como funcionam as operações rápidas.

palavras-chave: Dados de produção decepcionantes podem derrubar otimismo com a ação da Vale? Analistas acreditam que não; invistaja.info;

FARIA LIMA | mercados | invistaja.info – Dados de produção decepcionantes podem derrubar otimismo com a ação da Vale? Analistas acreditam que não

REFLEXÃO: Robert Brokamp, da Motley Fool: Diversificação reduz os riscos, aumenta a previsibilidade e impulsiona os retornos.

Saiba mais:

Comissão da Câmara aprova realização de audiência pública sobre MP da Eletrobras

SP antecipa vacinação de idosos com 64 anos e inclui funcionários do transporte público em grupo prioritário

Aneel volta a adiar reajustes por alívio em tarifas; impacta agora Enel e Neoenergia

Anvisa autoriza uso emergencial de coquetel de remédios contra a Covid-19

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *