Ibovespa fecha em queda acompanhando Wall Street com notícia de imposto de Biden; dólar tem mínima desde fevereiro

Mercado sofre com a perda de ânimo nos EUA depois das informações sobre como o presidente pretende financiar seus programas de estímulo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação para o trader investidor

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Ibovespa fecha em queda acompanhando Wall Street com notícia de imposto de Biden; dólar tem mínima desde fevereiro; invistaja.info;


BBDC3 | DY: 0.027 | EV/EBIT: 0.0 | ROIC: 0.0 | P/ACL: 0.0 | Div.Brut/Pat.: 0.0 | P/VP: 1.38

ListenToMarket: Ibovespa fecha em queda acompanhando Wall Street com notícia de imposto de Biden; dólar tem mínima desde fevereiro – Áudio gerado às: 17:41:14

VELOCIDADE: 1.0x| 1.95x| 2.3x

CURITIBA | invistaja.info — O Ibovespa fechou em queda nesta quinta-feira (22) seguindo o desempenho negativo do exterior após informações de que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai propor um imposto sobre ganho de capital para os mais ricos. Com a notícia, os índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq recuaram todos entre 0,9% e 1%.

Segundo relatos da Bloomberg, o presidente americano vai propor praticamente dobrar a taxação sobre ganhos de capital para os mais ricos para 39,6%. Combinado com uma sobretaxa existente sobre a renda de investimentos, segundo a agência de notícias, os impostos federais para os investidores podem chegar a 43,4%.

Biden deve divulgar a proposta na próxima semana como parte dos aumentos de impostos para financiar os gastos sociais no seu “Plano de Famílias Americanas”, disse a Bloomberg.

+Bolsonaro sanciona projeto que muda LDO e viabiliza Orçamento de 2021

De acordo com a equipe de análise da XP Política, o projeto deve enfrentar resistência entre republicanos e democratas moderados. “Destacamos que a resistência a aumentos a indivíduos são maiores entre parlamentares do que aumentos a empresas, tema que gera ainda muito debate nas discussões sobre o pacote de infraestrutura”, escrevem os analistas.

Por aqui, os investidores mais cedo repercutiam o discurso do presidente Jair Bolsonaro na Cúpula do Clima. Os players do mercado já estavam de olho no evento com uma preocupação por parte de executivos nacionais por conta da repercussão estrangeira da política ambiental da atual gestão.

Bolsonaro afirmou que o Brasil “está na vanguarda no combate à mudança do clima” e fez promessas como zerar o desmatamento ilegal até 2030 e antecipar de 2060 para 2050 a neutralidade de carbono.

No discurso, ele também prometeu o “fortalecimento de órgãos ambientais”, a partir da aplicação do dobro de recursos destinados a ações de fiscalização, mas disse que o desafio também passa por melhorar a vida dos mais de 23 milhões de brasileiros que vivem na Amazônia – “região mais rica do país em recursos naturais, mas que apresenta os piores índices de desenvolvimento humano”.

VEJA TAMBÉM: Mercado futuro com análise de fluxo: como começar a investir com R$ 25

Para Sergio Vale, economista-chefe da MB Associados, a questão agora é acompanhar as atitudes do governo além das falas de hoje. “Era esperado um discurso conciliatório, o problema é sabermos os atos concretos para esse objetivo. O que for feito este ano seria essencial, mas quando se mantém a mesma estrutura na cúpula ambiental fica difícil acreditar que haverá alguma mudança”, avalia.

Segundo ele, o que foi dito ficou como já era esperado, mas faltou uma melhor sinalização de ações concretas a serem feitas. Alguns jornais apontaram que assessores do presidente americano Joe Biden viram de forma positiva a fala de Bolsonaro, mas que a Casa Branca esperava mais, como um cronograma mais específico para o combate aos desmates.

Outro destaque da política é que Bolsonaro sancionou na quarta a lei que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2021 e permite a abertura de crédito extraordinário para bancar programas de socorro a empresas privadas, e que retira da meta fiscal gastos emergenciais com saúde.

Esses gastos ficam de fora do cálculo do teto de gastos, uma mudança contábil que contribui para reduzir as chances de que o governo seja acusado de crime de responsabilidade fiscal. Isso abre espaço para que o Orçamento de 2021 acomode gastos com emendas parlamentares, e para que o presidente o sancione, já que o prazo para isso se encerra hoje.

Com isso, o Ibovespa teve queda de 0,58%, a 119.371 pontos com volume financeiro negociado de R$ 29,86 bilhões. Na máxima do dia a Bolsa chegou a bater 120.994 pontos.

hotWords: mínima notícia wall biden; fecha desde fevereiro

Publique seu negócio no invistaja.info

Vale lembrar que na quarta-feira (21), dia em que a B3 esteve fechada por conta do feriado de Tiradentes, o principal índice de ADRs (na prática, as ações de empresas de fora dos EUA negociadas em Nova York) do Brasil, o Dow Jones Brazil Titans 20 ADR, fechou com ganhos, ainda que modestos, acompanhando o movimento de Wall Street. O índice subiu 0,44%, a 18.649,93 pontos. Enquanto isso, o ETF EWZ iShares MSCI Brazil Capped, que replica o Ibovespa em dólar, fechou com alta de 0,23%, a 35,10 pontos.

Enquanto isso, o dólar comercial caiu 1,73% a R$ 5,454 na compra e a R$ 5,455 na venda. Foi o menor patamar de fechamento da moeda desde 24 de fevereiro, quando a divisa dos EUA encerrou o pregão cotada em R$ 5,421. Já o dólar futuro com vencimento em maio registra baixa de 2,15% a R$ 5,449 no after-market.

No mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2022 caiu sete pontos-base a 4,62%, o DI para janeiro de 2023 teve queda de 18 pontos-base a 6,20%, o DI para janeiro de 2025 recuou 25 pontos-base a 7,75% e o DI para janeiro de 2027 registrou variação negativa de 25 pontos-base a 8,40%.

Voltando ao exterior, as bolsas caíram nos EUA apesar do país ter um forte ritmo de vacinação, e a gestão do presidente democrata Joe Biden vir promovendo um ambicioso plano de gastos, com a aprovação de um pacote de estímulos de US$ 1,9 trilhão e o plano de implementar um pacote de investimentos em infraestrutura de US$ 2,25 trilhões.

Entre os indicadores, o número de pedidos de auxílio-desemprego nos EUA caiu para sua mínima desde 14 de março de 2020, antes do início da crise da pandemia, ficando em 547 mil, segundo o Departamento do Trabalho do país. O resultado ficou bem abaixo dos 617 mil pedidos esperado pela média dos analistas consultados pela Refinitiv.

O total de pedidos da semana anterior foi revisado para cima, de 576 mil a 586 mil. Já o número de pedidos continuados teve queda de 34 mil na semana encerrada em 10 de abril, a 3,674 milhões.

Enquanto isso, na Europa, o Banco Central Europeu (BCE) decidiu não alterar a taxa de juros da região e ainda manteve seu programa de compra de ativos como está. O ritmo de aquisições será, ao longo de todo o trimestre, “significativamente mais elevado” do que nos primeiros meses do ano, ressaltou a autoridade europeia.

“Na reunião de hoje, o Conselho do Banco Central Europeu decidiu reconfirmar a orientação muito acomodatícia da sua política monetária“, anunciou a instituição em comunicado.

As bolsas asiáticas fecharam a quinta-feira com desempenho forte. O índice Nikkei subiu 2,38%, recuperando-se parcialmente de dois dias consecutivos de perdas. O índice Topix subiu 1,82%. O índice Kospi, subiu 0,18%. O componente Shenzhen subiu 0,412%, o índice Hang Seng, de Hong Kong, subiu 0,5%.

Por outro lado, o Shanghai composto caiu 0,23%. Os mercados acionários da China se enfraqueceram nesta quinta-feira, uma vez que as tensões com os EUA prejudicaram o sentimento. Um comitê do Senado dos EUA  deu seu apoio a um projeto de lei que pressiona Pequim em questões de direitos humanos e competição econômica, e outros parlamentares introduziram uma medida que busca bilhões para pesquisa em tecnologia.

O movimento majoritariamente positivo ocorre apesar de a Índia ter registrado na quinta 310 mil novas infecções por Covid, o seu pior número até o momento. Mesmo assim, o índice Nifty 50 subiu 0,32% e o BSE Sensex subiu 0,24%.

palavras-chave: Ibovespa fecha em queda acompanhando Wall Street com notícia de imposto de Biden; dólar tem mínima desde fevereiro; invistaja.info;

CALIFORNIA | mercados | invistaja.info – Ibovespa fecha em queda acompanhando Wall Street com notícia de imposto de Biden; dólar tem mínima desde fevereiro

REFLEXÃO: Robert Brokamp, da Motley Fool: Diversificação reduz os riscos, aumenta a previsibilidade e impulsiona os retornos.

Notícias relacionadas:

Ação da Usiminas sobe 5% antes de resultado do 1º tri; Americanas cai e Locaweb avança após aquisições

Micro e pequenas empresas podem pagar Simples Nacional com Pix

Excluir gastos adicionais da Covid-19 do teto é negativo para perfil de crédito do país, diz Moody’s

Conselho Nacional de Secretários da Saúde aponta falhas no combate à Covid-19 e pede recursos ao Senado

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.