Ministério da Saúde inclui grávidas no grupo prioritário de vacinação

A vacinação deve começar a partir do dia 13 de maio
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Notícias de investidor para investidor

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Ministério da Saúde inclui grávidas no grupo prioritário de vacinação; invistaja.info;


PATI3 | P/ACL: 2.94 | Pat.Liq: 604626000.0 | Cresc.5anos: 0.19 | P/Cap.Giro: 1.49 | EV/EBITDA: 5.78 | DY: 0.0456

ListenToMarket: Ministério da Saúde inclui grávidas no grupo prioritário de vacinação – Áudio gerado às: 15:40:46

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O Ministério da Saúde decidiu incluir as grávidas e puérperas (mulheres no período pós-parto) no grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19, informou hoje (27) a coordenadora do Programa Nacional de Imunização (PNI) do ministério, Franciele Francinato.

Em audiência na Câmara dos Deputados para debater a situação das vacinas no país, a coordenadora disse que a medida foi tomada em razão da situação preocupante da pandemia no Brasil e visto que grávidas e puérperas têm risco maior de hospitalização por Covid-19. “A vacinação deve começar a partir do dia 13 de maio”, informou.

Em 15 de março, o governo já tinha incluído as gestantes com comorbidades. De acordo com Franciele, uma nota técnica foi encaminhada ontem (26) aos secretários estaduais de Saúde, com as novas orientações.

+Arezzo afirma que não fará nova oferta para combinação de negócios com a Cia. Hering

“Nossa indicação é que, nesse momento, vamos alterar um pouco a recomendação da OMS [Organização Mundial de Saúde] que hoje indica a vacinação, de acordo com o custo x benefício. Mas, hoje, o risco de não vacinar gestantes no país já justifica a inclusão desse grupo para se tornar um grupo de vacinação nesse momento”, afirmou.

Apesar da mudança, de acordo com a pasta, em um primeiro momento, devem ser vacinadas as grávidas com doenças pré-existentes. De acordo com a coordenadora, serão usados as vacinas CoronaVac, AstraZeneca e da Pfizer. Neste caso, o primeiro lote de entregas do imunizante deve chegar na próxima quinta-feira (29) e 1,3 milhão de doses serão distribuídos para utilização nas capitais.

hotWords: inclui prioritário grávidas ministério

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Franciele disse que a medida foi tomada devido a necessidade de armazenagem das vacinas. Para manter a estabilidade do material, a vacina precisa ficar armazenada em temperaturas de -90° a -60°, por até seis meses.

No caso das capitais, as doses serão encaminhados aos centros que podem manter o imunizante em temperaturas de -20° pelo período de sete dias.

“Para a aplicação, a vacina pode ficar em temperatura de geladeira, de até 8°, por até cinco dias”, afirmou.

Quer gerar uma renda extra na Bolsa? Curso gratuito do (MarketMsg) ensina a fazer o seu primeiro trade na prática, em menos de uma semana. Inscreva-se aqui.

palavras-chave: Ministério da Saúde inclui grávidas no grupo prioritário de vacinação; invistaja.info;

FARIA LIMA | economia | invistaja.info – Ministério da Saúde inclui grávidas no grupo prioritário de vacinação

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Veja também:

Butantan confirma três novas variantes do coronavírus em São Paulo

Aneel decide que contas de luz em atraso serão corrigidas pelo IPCA

2ª dose de vacina contra Covid-19 deve ser tomada mesmo fora do prazo, afirma Ministério da Saúde

Calote do Brasil com organismos internacionais já chega a R$ 10 bilhões

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *