Oi assina acordo de exclusividade para venda de ativos de fibra óptica; atenção para Petrobras, estreias na B3 e mais

Confira os destaques do noticiário corporativo na sessão desta sexta-feira (5)
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

invistaja.info | Informação para quem vive o mercado

BRASIL | invistaja — O noticiário corporativo é bastante movimentado.

palavras-chave: Oi assina acordo de exclusividade para venda de ativos de fibra óptica; atenção para Petrobras, estreias na B3 e mais; invistaja.info;

Em destaque, a Oi informou que assinou acordo de exclusividade com Globenet, BTG Pactual e outros fundos do banco envolvendo a venda da ativos de fibra óptica da operadora de telecomunicações, a InfraCo.

Atenções ainda para a Petrobras, após o presidente Jair Bolsonaro afirmar que deseja “colocar em pratos limpos” a composição do custo do combustível. Hoje, ele deve discutir o assunto com ministros Paulo Guedes (Economia), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Bento Albuquerque (Minas e Energia), e o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco.

A sessão também marca as estreias de Mobly e Mosaico na B3. Confira os destaques:

+Resultados fortes do Bradesco, expectativa por acordo da Vale com MG, estreia da Intelbras na B3 e mais destaques

Oi (;)

A Oi informou na quinta-feira que assinou acordo de exclusividade com Globenet, BTG Pactual e outros fundos do banco envolvendo a venda da ativos de fibra óptica da operadora de telecomunicações, a InfraCo.

“O acordo visa a garantir segurança e celeridade às tratativas em curso entre as partes e permitir que, caso sejam satisfatoriamente finalizadas as negociações de condições e documentos entre as partes, a Oi tenha condições de garantir às proponentes o direito de cobrir outras propostas recebidas da InfraCo”, afirmou a companhia em fato relevante.

O acordo vale até 6 de março, mas pode ser renovado automaticamente por mais 30 dias, salvo se houver manifestação em contrário por qualquer das partes.

Petrobras (;)

Pressionado pelos caminhoneiros devido ao aumento do preço do diesel, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que deseja “colocar em pratos limpos” a composição do custo do combustível. Hoje, ele deve discutir o assunto com ministros Paulo Guedes (Economia), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura), Bento Albuquerque (Minas e Energia), e o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco. Da reunião, Bolsonaro diz esperar que saia “uma proposta ou um projeto de lei”.

“Ninguém está interferindo na Petrobras, mas vocês têm que saber qual a composição do preço final, por exemplo, do diesel”, afirmou, em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Bolsonaro afirmou que deseja “tornar a questão pública”. Ele disse que, segundo a Petrobras, o preço varia de acordo com a cotação do dólar e do barril de petróleo. Para o presidente, contudo, não é válido comparar o preço do diesel no Brasil com países do G20, composto pelas maiores economias mundiais, ou com países do Brics, bloco econômico de países de economias emergentes. “São realidades diferentes.”

Bolsonaro disse esperar que o Congresso aprove a incidência do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o preço do diesel na refinaria – e não na bomba, como ocorre atualmente. Ele sugeriu ainda a possibilidade de que a cobrança tenha um valor fixo por litro de combustível, a exemplo do PIS/Cofins e da Cide.

Estreias de Mosaico () e Mobly () na B3

A sessão desta sexta-feira marca a estreia de duas ações na B3: a Mosaico e Mobly.

A plataforma digital Mosaico, dona dos sites Zoom, Buscapé e Bondfaro, precificou oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) a R$ 19,80 por papel na quarta-feira, no topo da faixa indicativa entre R$ 15,40 e R$ 19,80, movimentando R$ 1,2 bilhão. A companhia se apresenta como a maior plataforma digital de conteúdo e originação de vendas para o comércio eletrônico no Brasil.

Ainda no radar das aberturas de capital, a oferta inicial de ações (IPO) da produtora de açúcar e etanol Jalles Machado saiu a R$ 8,30 por papel e movimentou R$ 741,5 milhões. O preço ficou abaixo da faixa estimada, estimado pelos coordenadores da operação, que ia de R$ 10,35 a R$ 12,95. A Focus Energia precificou o IPO a R$ 18,02 por ação, também abaixo do piso.

Já o IPO da loja online de móveis Mobly girou um total de R$ 812 milhões, uma vez que as ações foram precificadas em R$ 21,00, na parte de cima da faixa indicativa de preço, que ia de R$ 17,00 a R$ 23,50. A oferta era basicamente primária, com a distribuição de de 37.037.038 ações.

A Mobly se destaca como o aplicativo de comércio com maior número de downloads em Home & Living nas plataformas de downloads de aplicativos App Store e Google Play, com uma base de mais de 300 mil usuários ativos (considerados como usuários que acessaram o aplicativo nos últimos 30 dias) e uma base instalada de mais de 360 mil, com base em dados de 31 de outubro de 2020.

No radar das aberturas de capital, a oferta inicial de ações (IPO) da produtora de açúcar e etanol Jalles Machado saiu a R$ 8,30 por papel e movimentou R$ 741,5 milhões. O preço ficou abaixo da faixa estimada, estimado pelos coordenadores da operação, que ia de R$ 10,35 a R$ 12,95. A Focus Energia precificou o IPO a R$ 18,02 por ação, também abaixo do piso.

Wiz ()

O Grupo Wiz celebrou acordo operacional para distribuição de produtos de consórcios administrados pela Itaú Consórcios. A operação será conduzida por uma nova unidade de negócios do grupo, a partir da criação de uma subsidiária. A nova empresa atuará com dedicação exclusiva ao acordo, na comercialização de produtos financeiros, seguros e consórcios do Grupo Itaú.

Tenda ()

A Tenda informou na quinta que projeta fechar 2021 com até R$ 3 bilhões em vendas líquidas. Segundo a empresa, o número é resultado da subtração entre as vendas brutas do exercício e os distratos realizados do exercício.Para a margem bruta ajustada, estima-se uma oscilação entre o mínimo de 30% e o máximo de 32%.

Gol ()

A Gol divulgou os números prévios de tráfego do mês de janeiro de 2021 em comparação com o mesmo período de 2020.Durante o mês de janeiro, a Gol operou uma média de 489 voos por dia e adicionou 332 operações nos aeroportos de Congonhas (São Paulo), Galeão (Rio de Janeiro), Brasília (Distrito Federal), Fortaleza (Ceará) e Salvador (Bahia).

No mercado doméstico em janeiro de 2021, a demanda (RPK) para os voos cresceu 8% sobre dezembro de 2020 e a oferta (ASK) aumentou em 5% em comparação com o mês anterior. A taxa de ocupação da companhia foi 83,2%. A companhia não realizou voos internacionais durante o mês.

Eletrobras (;)

O Senado, por sua vez, aprovou a medida provisória 998, que visa conter reajustes de tarifas de energia nos próximos anos e prevê retirada gradual de subsídios para usinas de geração renovável como eólicas e solares, além de trazer dispositivos importantes para a usina nuclear de Angra 3, da Eletrobras.

Ainda sobre Eletrobras,  presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou na quinta que as propostas sugeridas pelo presidente Jair Bolsonaro ao Congresso serão submetidas aos líderes partidários para definição. A declaração foi dada após questionamento sobre a privatização da Eletrobras.

(Com Reuters, Agência Estado e Bloomberg)

BRASIL | mercados | invistaja.info – Oi assina acordo de exclusividade para venda de ativos de fibra óptica; atenção para Petrobras, estreias na B3 e mais

palavras-chave: Oi assina acordo de exclusividade para venda de ativos de fibra óptica; atenção para Petrobras, estreias na B3 e mais; invistaja.info;

Veja também:

Oi acerta exclusividade com BTG para negociar unidade de fibra óptica

Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta sexta-feira – 5/2

Guedes fala em novo auxílio emergencial para 32 milhões de pessoas se disparadas as cláusulas necessárias

Gestor da Moat defende fundos que apostam na queda dos ativos e critica movimento que inflou ações do IRB

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade