Presidentes de sete partidos de centro formam pacto contra aumento de impostos na reforma tributária

Assinam o documento os presidentes de Cidadania, DEM, MDB, Novo, Podemos, PSDB e PV.
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdos sobre investimentos

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Presidentes de sete partidos de centro formam pacto contra aumento de impostos na reforma tributária; invistaja.info;


EALT4 | Mrg.Ebit: 0.108 | Liq.2meses: 555117.0 | DY: 0.0431 | Cresc.5anos: 0.2311 | P/Ativo: 0.357 | Cotacao: 7.11

ListenToMarket: Presidentes de sete partidos de centro formam pacto contra aumento de impostos na reforma tributária – Áudio gerado às: 10:0:19

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

SÃO PAULO (MarketMsg) – Os presidentes de sete partidos de centro assinaram um acordo para que suas bancadas no Congresso Nacional atuem contra uma eventual elevação dos impostos durante a análise da proposta de reforma tributária enviada ao Legislativo pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.

Assinam o documento os presidentes de Cidadania, DEM, MDB, Novo, Podemos, PSDB e PV. Os dirigentes partidários também prometem trabalhar juntos para avançar “em uma pauta conjunta, que represente um melhor caminho para o Brasil, diferente dos extremos”, afirma a nota assinada por eles.

“Como um dos pontos de convergência, estabeleceram trabalhar com suas bancadas no Congresso Nacional contra o aumento de impostos no país, que está proposto na reforma tributária encaminhada pelo governo Bolsonaro”, afirma o documento divulgado na noite de quarta-feira.

+Ações do Magalu fecham em alta de 4,5% e mais varejistas sobem forte; Mater Dei salta 6% após aquisição e PetroRio cai 2%

“Esses partidos trabalharão unidos com o objetivo de impedir o aumento de tributos para o povo brasileiro, prejudicando pequenas empresas e a geração de empregos, principalmente neste momento ainda delicado de pandemia.”

Também na quarta, mais de 100 associações empresariais e entidades assinaram carta direcionada ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), em que criticaram o que chamaram de pressa na tramitação da reforma tributária, rechaçaram pontos da proposta e argumentaram que o projeto desestimula a atração do investimento produtivo, prejudica a geração de empregos e dificulta o crescimento econômico.

hotWords: formam centro aumento tributária sete partidos

Publique seu negócio no invistaja.info

O presidente da Câmara, por sua vez, afirmou também na quarta que a proposta de reforma tributária –com a assinatura do ministro da Economia, Paulo Guedes– não será votada pelos deputados enquanto o texto não estiver maduro.

“É importante dizer que o conceito está indo no caminho certo para corrigir distorções. Não teremos postura arrecadatória”, disse Lira no Twitter. “O Legislativo tem força para debater e fazer as contas. Não votaremos este texto enquanto não estiver maduro e discutido com todas as bancadas.”

palavras-chave: Presidentes de sete partidos de centro formam pacto contra aumento de impostos na reforma tributária; invistaja.info;

BRASIL | mercados | invistaja.info – Presidentes de sete partidos de centro formam pacto contra aumento de impostos na reforma tributária

REFLEXÃO: Michael Batnick, gestor de patrimônios da Ritholtz: Evitar erros catastróficos é mais importante do que construir o portfólio perfeito.

Veja também:

Pedidos de auxílio-desemprego nos EUA aumentam para 373 mil na última semana, dado pior do que o esperado

Governo leiloa rodovia que liga Mato Grosso à Hidrovia do Tapajós

Bento Albuquerque volta a negar risco de apagão ou racionamento

Ibovespa Futuro cai quase 2% seguindo aversão ao risco no exterior com preocupações sobre retomada; dólar sobe a R$ 5,28

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.