Senado aprova que indústria veterinária possa produzir vacina humana

Projeto havia sido alterado na Câmara e voltou ao Senado
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Negociando na bolsa de valores

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Senado aprova que indústria veterinária possa produzir vacina humana; invistaja.info;


TRIS3 | PSR: 2.065 | Liq.2meses: 11239800.0 | EV/EBITDA: 10.38 | P/VP: 1.57 | ROE: 0.1456 | EV/EBIT: 10.42

ListenToMarket: Senado aprova que indústria veterinária possa produzir vacina humana – Áudio gerado às: 8:40:19

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

O Senado aprovou hoje (23) projeto de lei (PL) que autoriza fábricas de vacinas de uso veterinário a produzir vacinas contra covid-19, bem como insumos farmacêuticos ativos (IFA). A ideia é ampliar a oferta de doses de vacina e acelerar a imunização da população. O texto segue para sanção do presidente da República.

De acordo com o projeto, os laboratórios de produtos veterinários devem cumprir todas as normas sanitárias e as exigências de biossegurança próprias dos estabelecimentos destinados à produção de vacinas humanas. Todas as fases de produção de vacinas humanas deverão ocorrer em instalações separadas de onde continuarão sendo produzidas as vacinas veterinárias.

O projeto sofreu alterações na Câmara e voltou ao Senado. O relator do projeto no Senado Izalci Lucas (PSDB-DF) acatou emendas de redação, deixando o texto mais claro. Por exemplo, houve a troca do termo “vacinas humanas” para “vacinas para uso humano”.

+Ação da Marcopolo salta 7,7% após manter liderança no programa Caminho da Escola, mas analistas seguem cautelosos

Segundo o Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (SINDAN), o setor tem capacidade instalada e detém a tecnologia necessária para produzir vacinas humanas.

hotWords: vacina aprova humana veterinária possa

Anuncie no invistaja.info

O sindicato esclareceu que a indústria de saúde animal no Brasil pode adaptar facilmente suas instalações para o nível de segurança 4, exigido para a produção de vacinas de uso humano.

Além disso, afirma que a indústria veterinária pode produzir o insumo farmacêutico ativo (IFA).

A Câmara incluiu um dispositivo que conferia ao projeto uma temporariedade. Mas o relator recusou a mudança. Para ele, os investimentos para fazer as adaptações necessárias às instalações das fábricas são “vultosos” demais para serem temporários. “[…] seria contraproducente e um desestímulo se a autorização para a produção dessas vacinas fosse concedida apenas por determinado tempo”, afirmou o relator.

As estratégias dos melhores investidores do país e das melhores empresas da Bolsa, premiadas num ranking exclusivo: conheça os Melhores da Bolsa 2021

palavras-chave: Senado aprova que indústria veterinária possa produzir vacina humana; invistaja.info;

MARINGÁ | economia | invistaja.info – Senado aprova que indústria veterinária possa produzir vacina humana

REFLEXÃO: James Early, do Motley Fool: Explore a fraqueza cognitiva dos outros

Leia também:

Vale altera valor de dividendo a ser pago em junho para R$ 2,189 por ação, Marfrig compra terreno no Paraguai e mais destaques

Municípios aplicaram 11,3 mi de vacinas em moradores de outras cidades

Em revisão, Carrefour avalia venda de unidades internacionais

Mercado chinês de aço desacelera e ajuda controle da inflação

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.