Em revisão, Carrefour avalia venda de unidades internacionais

Contudo, varejista informou que a revisão está em estágio inicial e nenhuma decisão foi tomada sobre qualquer venda
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Em revisão, Carrefour avalia venda de unidades internacionais; invistaja.info;


IGBR3 | P/Ativo: 0.547 | PSR: 0.0 | EV/EBIT: 0.0 | P/VP: -0.11 | Cresc.5anos: -0.2389 | P/EBIT: 0.0

ListenToMarket: Em revisão, Carrefour avalia venda de unidades internacionais – Áudio gerado às: 8:20:21

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

(MarketMsg) — O Carrefour prepara uma revisão estratégica de suas operações internacionais, poucos meses depois do colapso das negociações para uma fusão da rede de supermercados francesa com a canadense Alimentation Couche-Tard.

A empresa planeja vender subsidiárias na Polônia e Taiwan, segundo artigo publicado na revista Challenges na quarta-feira, que não disse como obteve a informação.

O Carrefour “iniciou uma reflexão sobre a massa crítica de suas subsidiárias internacionais e possível consolidação futura, alianças ou movimentos de desinvestimento”, disse um porta-voz da varejista na quinta-feira, especificando que a revisão está em estágio inicial e nenhuma decisão foi tomada sobre qualquer venda.

+Preços mais baixos de celulose acendem alerta, mas ainda há oportunidades em ações de Suzano, Klabin e Irani?

O mercado de alimentos polonês é muito desafiador, com intensa competição, especialmente em mercadorias em geral. A Tesco, maior rede de supermercados britânica, concluiu a venda das operações na Polônia para a varejista dinamarquesa Salling Group este ano por cerca de 165 milhões de libras (US$ 230 milhões) para se concentrar no Reino Unido, seu principal mercado.

hotWords: avalia unidades venda internacionais

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

É improvável que a revisão cause grande impacto no Carrefour, escreveu Clive Black, analista da Shore Capital Markets, por e-mail. “Trata-se de mostrar que o Carrefour está ativo para a atividade mais ampla e de mostrar aos acionistas que está pensando em seus interesses em um momento de considerável atividade corporativa no cenário de supermercados de grande capitalização.”

A ideia de que o Carrefour possa querer sair da Polônia não é nova, mas “o problema com a Polônia é que não há compradores reais”, escreveu Fabienne Caron, analista da Kepler Cheuvreux, em relatório aos clientes. O Carrefour gera cerca de 1,8 bilhão de euros (US$ 2,15 bilhões) em vendas na Polônia, com baixas margens de lucro, disse Caron.

O diretor-presidente do Carrefour, Alexandre Bompard, que assumiu o comando em 2017, teve que desistir do plano de fusão com a Couche-Tard devido à oposição do governo francês sobre o acordo.

Curso gratuito do (MarketMsg) mostra como você pode se tornar um Analista de Ações. Inscreva-se agora.

palavras-chave: Em revisão, Carrefour avalia venda de unidades internacionais; invistaja.info;

FARIA LIMA | mercados | invistaja.info – Em revisão, Carrefour avalia venda de unidades internacionais

REFLEXÃO: Tim Hanson, da Motley Fool: Compre ações impressionantes por preços que não refletem sua grandiosidade.

Saiba mais:

Mercado chinês de aço desacelera e ajuda controle da inflação

Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta quinta-feira – 24/6

Índices futuros americanos e bolsas europeias têm leve alta em semana de recuperação após anúncios do Fed

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.