Mercado chinês de aço desacelera e ajuda controle da inflação

Há sinal de que usinas do país serão finalmente obrigadas a reduzir as operações depois da produção recorde nos últimos dois meses
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Informação de quem vive o mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Mercado chinês de aço desacelera e ajuda controle da inflação; invistaja.info;


MRVE3 | Cotacao: 16.76 | P/Cap.Giro: 1.71 | P/VP: 1.41 | P/EBIT: 10.21 | Div.Brut/Pat.: 0.83 | Pat.Liq: 5740880000.0

ListenToMarket: Mercado chinês de aço desacelera e ajuda controle da inflação – Áudio gerado às: 8:10:18

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

(MarketMsg) — Os lucros de siderúrgicas chinesas estão encolhendo rápido com o impacto dos altos custos dos insumos e menor demanda, em um sinal de que as usinas do maior produtor mundial serão finalmente obrigadas a reduzir as operações depois da produção recorde nos últimos dois meses.

Os esforços do governo de Pequim para reduzir a produção e os preços e controlar emissões e a inflação, parecem, na melhor das hipóteses, contraditórios. Mas ambos os objetivos agora podem ser mais viáveis, pois a desaceleração sazonal da atividade de construção e redução das medidas de estímulo para combater a pandemia atingem o mercado.

Algumas produtoras chinesas de vergalhão começaram registrar perdas antes do que o normal, de acordo com relatório do UBS, segundo o qual a demanda de verão normalmente diminui a partir do próximo mês.

+SP: Fase de Transição irá até 15 de julho; capital tem 50% da população vacinada

Os custos do minério de ferro permanecem elevados, enquanto os preços do carvão metalúrgico retornam ao nível recorde visto em maio. Inspeções de segurança reduziram o fornecimento das principais áreas de produção de carvão metalúrgico na China, de acordo com a Fengkuang Coal Logistics, enquanto as importações permanecem fracas devido à propagação da pandemia na Mongólia e à proibição contínua do carvão australiano.

hotWords: chinês mercado desacelera inflação

Seja anunciante no invistaja.info

Ao contrário da China, outros grandes consumidores de aço ainda estão longe de completar sua recuperação da pandemia. Os lucros nos EUA, por exemplo, dispararam em antecipação aos enormes gastos em infraestrutura do governo Biden. E a nova política da China para desincentivar as exportações com o objetivo de esfriar os preços domésticos não deve ajudar muito a aliviar o aperto da oferta global.

Mas é uma boa notícia para o governo chinês e sua tentativa de controlar os preços das commodities. A desaceleração do mercado de aço deve reduzir os custos de insumos – incluindo o minério de ferro, que tem atraído atenção especial devido à dependência da China de mineradoras estrangeiras – e ajudar a segurar as pressões inflacionárias muito antes de causarem impacto na economia em geral.

Curso gratuito do (invistaja.info) mostra como você pode se tornar um Analista de Ações. Inscreva-se agora.

palavras-chave: Mercado chinês de aço desacelera e ajuda controle da inflação; invistaja.info;

FARIA LIMA | mercados | invistaja.info – Mercado chinês de aço desacelera e ajuda controle da inflação

REFLEXÃO: Tom Gardner, da Motley Fool: Encontre lideres notáveis e uma missão para o longo da vida.

Notícias relacionadas:

Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta quinta-feira – 24/6

Índices futuros americanos e bolsas europeias têm leve alta em semana de recuperação após anúncios do Fed

Moeda digital é nova forma de representação da moeda já emitida, diz Campos Neto

Bolsonaro pede investigação à Polícia Federal de falas de deputado e servidor sobre compra da Covaxin

Seja anunciante no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.