Turismo nacional cresce 47,5% em maio, mas setor ainda tem queda de R$ 5,1 bi no ano

Já ao comparar maio deste ano com o mesmo mês de 2019, a queda na receita do setor, considerada a inflação, é de 31,2% – uma perda de R$ 4,3 bilhões
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição MarketMsg e invistaja.info

palavras-chave: Turismo nacional cresce 47,5% em maio, mas setor ainda tem queda de R$ 5,1 bi no ano; invistaja.info;


ALPA3 | Cresc.5anos: -0.0258 | PSR: 7.668 | P/ACL: 26.85 | Mrg.Liq.: 0.0653 | EV/EBIT: 40.82 | Liq.Corr.: 2.19

O faturamento do turismo no Brasil em maio foi de R$ 9,6 bilhões, alta de 47,5% em comparação com igual mês de 2020, segundo levantamento da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Apesar da forte elevação, o setor acumula retração de 9,8% no cômputo do ano até aqui, o que representa uma queda de faturamento de R$ 5,1 bilhões.

Ao comparar maio deste ano com o mesmo mês de 2019 – antes da pandemia –, a queda na receita do setor, considerada a inflação, é de 31,2%, uma perda de R$ 4,3 bilhões.

+Acordo da Opep+ muda foco de investidores para demanda global

Em maio, o transporte aquaviário foi o único que superou o nível pré-pandemia, com alta de 20% no faturamento em comparação com o mesmo mês de 2019. A FecomercioSP analisou seis grupos de atividades.

O transporte aéreo, por outro lado, segue como a área mais afetada, com perda de 50,5% do faturamento em relação a maio de 2019. A redução de demanda de passageiros foi de 43%, no mesmo período.

hotWords: queda setor maio, cresce nacional

Publique seu negócio no invistaja.info

Já os setores de restaurantes e alojamentos faturaram R$ 2,8 bilhões, 33,5% abaixo do valor de igual mês em 2019. O número é próximo ao do conjunto de atividades culturais, recreativas e esportivas, que teve queda de 33,8%.

O grupo que engloba atividades de veículos, agências e operadoras de turismo e outros serviços da área teve uma diminuição de receitas de 13,2% em maio com relação ao mesmo período de 2019. No setor de transporte terrestre, a queda foi de 6,6%.

“Ainda que o cenário seja desafiador, com um longo percurso até retomar os patamares pré-pandemia, a Federação acredita que iniciativas como a redução das restrições, a ampliação das ofertas dos serviços turísticos e a aceleração da vacinação em todo o país são fundamentais para uma melhora gradativa e mais consistente do setor daqui em diante”, analisa a FecomercioSP, em nota.

Quer entender o que é o mercado financeiro? Assista à série gratuita “Carreira no Mercado Financeiro” e conheça o setor da economia que paga os melhores salários de 2021.

palavras-chave: Turismo nacional cresce 47,5% em maio, mas setor ainda tem queda de R$ 5,1 bi no ano; invistaja.info;

CALIFORNIA | economia | invistaja.info – Turismo nacional cresce 47,5% em maio, mas setor ainda tem queda de R$ 5,1 bi no ano

REFLEXÃO: Harold Pollack, da Universidade de Chicago: Guarde entre 15 e 20% e invista em fundos de índices com taxa baixa.

Saiba mais:

Covid: mais de 100 casos da variante Delta foram registrados no Brasil

Apple planeja adiar retorno aos escritórios por avanço da Covid-19

Caixa paga hoje 4ª parcela do auxílio emergencial a nascidos em março

Os 5 assuntos que vão movimentar o mercado nesta terça-feira – 20/7

Publique seu negócio no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.