Um simples contêiner parado explica a crise do comércio global

Entregas que geralmente eram finalizadas em semanas hoje demoram mais de um semestre
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Conteúdo de quem vive de mercado

Edição invistaja.info e MarketMsg

palavras-chave: Um simples contêiner parado explica a crise do comércio global; invistaja.info;


CEDO3 | P/EBIT: 1.59 | Liq.Corr.: 0.9 | Div.Brut/Pat.: 1.58 | Cotacao: 8.67 | ROIC: 0.0878 | P/VP: 0.63

ListenToMarket: Um simples contêiner parado explica a crise do comércio global – Áudio gerado às: 17:30:17

VELOCIDADE: 1.0x | 1.95x | 2.3x

(MarketMsg) – Em algum lugar no porto de Xangai, o mais movimentado do mundo, um contêiner cheio de fertilizantes está entre dezenas de milhares de caixas esperando uma carona para os EUA. O contêiner está no pátio há meses, preso por tufões e surtos de Covid que agravaram o enorme congestionamento na cadeia global de abastecimento.

O fertilizante está estacionado no local desde maio, mas o porto é apenas uma escala na longa jornada do coração da China até a região central dos EUA. Entregas que geralmente eram finalizadas em semanas hoje demoram mais de um semestre. Esse prazo deve continuar aumentando porque a mercadoria mal começou o percurso de 15.000 quilômetros.

Esta é a história de um mero contêiner e sua árdua jornada ao redor do mundo. Algumas das barreiras que impedem sua chegada podem ser específicas, mas sua trajetória é típica do que vem acontecendo no comércio global durante a pandemia.

+Assembleia da Petrobras elege conselheiros, novo CEO da Mosaico, Klabin começa operação de 1ª fase do Puma II e mais notícias

Território mapeado

Dos EUA ao Sudão e à China, há contêineres parados em portos, ferrovias e armazéns enquanto a pandemia não dá trégua. O setor abrange 25 milhões de contêineres e aproximadamente 6.000 navios para transportá-los.

hotWords: explica crise simples comércio

Seja anunciante no invistaja.info

Cada contêiner atrasado retarda alguma atividade econômica, elevando custos para os consumidores e dificultando a chegada de alimentos à mesa do consumidor ou de presentes a tempo de celebrar o Natal.

O caso é um ensinamento sobre os efeitos em cascata nas cadeias de suprimentos. A diversificação tem limites porque todas as redes ainda estão intimamente ligadas à China.

“Todos os caminhos levam à China e isso tem grande efeito em toda a cadeia de abastecimento”, disse Dawn Tiura, dirigente da Sourcing Industry Group nos EUA. “O congestionamento em um porto ou fábrica tem implicações de longo alcance nas instalações vizinhas, que se espalham pelo mundo”.

Para entender como operar na bolsa através da análise técnica, inscreva-se no curso gratuito A Hora da Ação, com André Moraes.

palavras-chave: Um simples contêiner parado explica a crise do comércio global; invistaja.info;

CALIFORNIA | mercados | invistaja.info – Um simples contêiner parado explica a crise do comércio global

REFLEXÃO: Ben Carlson, autor de A Wealth of Common Sense – A riqueza do senso comum, em tradução livre: Menos é mais. O processo de investimento deve ser mais importante que os resultados. Comportamento correto na hora de investir é a chave.

Veja também:

Ações de Cyrela e MRV caem até 4% após forte alta na sexta; Alliar avança 3% com interesse do Fleury e educacionais recuam

União Europeia recomenda retorno de restrições de viagens dos EUA por Covid-19

Falta de pessoal qualificado contém avanço tecnológico da China

Governo central tem déficit de R$19,8 bi em julho e Tesouro destaca melhora de dados fiscais

Entre em contato para anunciar no invistaja.info

Resumo do mercado

Assine grátis nossa newsletter semanal

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade

Newsletter invistaja: receba um resumo semanal dos principais movimentos do mercado

Suas informações não serão compartilhadas com terceiros e também não enviaremos promoções ou ofertas.

Publicidade